Sei sulla pagina 1di 2

Adolescente suspeito de matar tio com tiro acidental na Paraba

Vendedor foi atingido por tiro na cabea dentro de casa em Campina Grande. Segundo famlia, rapaz 'brincava' quando revlver disparou.
G1 PB

A Polcia Civil de Campina Grande investiga uma morte supostamente ocorrida devido a um tiro acidental, no bairro Jardim Paulistano, na noite da quarta-feira (7). De acordo com a delegada de Homicdios da cidade, Cassandra Duarte, o suspeito de disparar o revlver calibre 38 um adolescente de 14 anos. O fato aconteceu na sala da casa da vtima. A famlia argumentou que o rapaz chegou com uma arma, passou um tempo 'brincando' com o objeto, mas acabou disparando sem querer e atingindo o tio, um vendedor de 28 anos. A bala feriu a cabea e o prprio adolescente chamou a Polcia Militar. O Servio de Atendimento Mvel de Urgncia (Samu) chegou ao local, mas o homem j havia morrido. At as 7h (horrio local) desta quinta-feira (8), o adolescente no havia se apresentado polcia. O revlver tambm no foi encontrado. "O pai mandou ele guardar a arma, proibiu ele de brincar. Mas ele no quis deixar o revlver. Ele mexeu na roleta e de repente disparou o tiro. Foi acidental", disse uma tia do rapaz, que pediu para no ser identificada. Segundo a delegada, apesar dos relatos, a Polcia Civil ainda no descarta outras hipteses para o morte. Estamos averiguando como ocorreu o fato. At agora, todas as testemunhas relataram que o tiro teria sido dado acidentalmente, mas estamos apurando a forma e os elementos que compem o cenrio onde o fato aconteceu, comentou.

Outro objetivo investigar o porte ilegal da arma. A delegada disse ter recebido informaes de que a arma pertencia ao sobrinho da vtima e a outro adolescente e teria sido adquirida h poucos dias. Caso semelhante Na noite da tera-feira (6), um jovem de 18 anos foi internado no Hospital de Emergncia e Trauma com uma bala alojada no trax. A suspeita tambm de tiro acidental. A arma teria sido levada para a casa no bairro Santo Antnio pelo primo da vtima.