Sei sulla pagina 1di 5

Aplica bem o tempo de que disponhas

quando a serviço da Mensagem.


Não desperdices oportunidade.
Elucida alguém, quando não o possas fazer a
muitos.
O importante é a contribuição, modesta que seja, à
obra da libertação espiritual.
O Apóstolo Paulo pregava às multidões quando
Ihe era facultado, todavia, realizava o trabalho de
fixação das bases das Igrejas nascentes em cada
converso, na intimidade do lar, ou aos pequenos
grupos que se acercavam, mais intimamente,
sequiosos...
As experiências psíquicas com o
Mestre, as revelações de que participava, os
fenômenos mediúnicos que vivia eram
relatados com doçura e calor nas reduzidas
assembléias, sustentando a fé em
despertamento, e transmitindo segurança a
respeito da imortalidade.
Ele vivia em razão do porvir.
Seu ontem era lição vigorosa
que estruturava o hoje na
ação para o futuro.
Nunca desanimou, nem
mesmo quando abandonado,
padecendo suspeitas atrozes
ou apedrejado até quase a
morte, como se estivesse ao
abandono do Senhor.
Todos, na Terra, têm problemas
Narra com delicadeza, mas com valor as tuas vivências,
sem exibição, tomando o Mestre como exemplo e os
Seus discípulos como marcos definitivos do processo
de evolução espiritual da Humanidade, quanto te
facultem as oportunidades.
Age, no entanto, testemunhando pelo comportamento a
tua convicção e, mesmo em silêncio, estarás ensinando
alegria de viver e tranqüilidade quanto ao futuro imortal.
Joanna de Ângelis
(Página psicografada pelo médium
Divaldo Franco, em 2/11/1981, em Roma, Itália.)
Grupo de Estudos Espíritas Anna Franco
Rio de Janeiro / 2006
Slides: Printartist e Mari.