Sei sulla pagina 1di 2

FMT0502 (4300502) – Física dos Materiais

o
1 Semestre de 2010 – Noturno

Professor: Antonio Domingues dos Santos (e-mail: adsantos@if.usp.br – fone: 3091-6886)


http://plato.if.usp.br/~fmt0502n/

2ª Lista de exercícios

1) Calcule a fração dos sítios atômicos que estão vagos para o chumbo na sua temperatura de
fusão de 327°C. Suponha uma energia para a formação de lacunas equivalente a 0,55 eV/átomo.

2) Calcule o número de lacunas por metro cúbico no ferro a 850°C. A energia para a formação
de lacunas é de 1,08 eV/átomo. A densidade e o peso atômico para o Fe são 7,65 g/cm3 e 55,85
g/mol, respectivamente.

3) Calcule a energia para a formação de lacunas na prata, sabendo-se que o número de lacunas
em equilíbrio a 800°C é de 3,6x1023 m-3. O peso atômico e a densidade a 800°C para a prata
são, respectivamente, 107,9 g/mol e 9,5 g/cm3.

4) Qual é a composição, em porcentagem atômica, de uma liga que consiste em 30%p Zn e


70%p Cu?

5) Qual é a composição, em massa, de uma liga que consiste em 6%at Pb e 94%at Sn?

6) Calcule o número de átomos por metro cúbico no alumínio.

7) A concentração de carbono em uma liga ferro-carbono é de 0,15%p. Qual é a concentração


em quilogramas de carbono por m3 da liga?

8) O ouro forma uma solução sólida substitucional com a prata. Calcule o número de átomos
de ouro por cm3 para a liga prata-ouro que contém 10%p Au. As densidades do ouro e da prata
são 19,32 e 10,49 g/cm3, respectivamente.

9) Explique sucintamente a diferença entre autodifusão e interdifusão.

10) Cite razões para a difusão intersticial ser normalmente mais rápida do que a difusão por
lacunas.

11) Na purificação do gás hidrogênio por difusão através de uma chapa de paládio, calcule a
massa de H que passa a cada hora através de uma chapa de paládio com 5 mm de espessura e
que possui uma área de 0,20 m2, estando o sistema a 500°C. Considere o coeficiente de difusão
de 10-8 m2/s, que as concentrações de H nos lados da placa são 2,4 e 0,6 kg de H por m3 de
paládio e que as condições de estado estacionário tenham sido atingidas.

12) Uma liga de ferro-carbono contendo inicialmente 0,35%p C está exposta a uma atmosfera
rica em oxigênio, a 1400 K. Sob essas condições, o carbono se difunde da liga e reage com o
oxigênio na atmosfera. A concentração de carbono na superfície é mantida a 0%p C. Em qual
posição a concentração de carbono será de 0,15%p após um tratamento de 10 h? O valor de D a
1400K é de 6,9x10-11 m2/s.
13) Os coeficientes de difusão para a prata no cobre são dadas a duas temperaturas:
T= 650°C – D= 5,5x10-16 m2/s
T= 900°C – D= 1,3x10-13 m2/s
Determine os valores de D0 e Qd. Qual a magnitude de D a 875°C?

14) Para uma liga com composição 74%p Zn – 26%p Cu, cite as fases presentes e as suas
respectivas composições nas temperaturas: 850°C, 750°C, 680°C, 600°C e 500°C.
Determine as quantidades relativas das fases para as ligas, nas temperaturas acima.

15) Descreva sucintamente o fenômeno de formação de estruturas zonadas e por que ele ocorre.

16) Uma liga Mg-Pb com massa de 5,5 Kg consiste em uma fase α sólida com uma composição
que está apenas um pouco abaixo do limite de solubilidade a 200°C.
a) qual é a massa de Pb que se encontra na liga?
b) Se a liga for aquecida a 350°C qual é a quantidade adicional de Pb que pode ser dissolvida
na fase α sem que o limite de solubilidade seja excedido?

17) Para uma liga Ferro-carbono de composição 5%p C, faça os esboços da microestrutura que
seria observada para condições de resfriamento muito lento, nas temperaturas: 1175°C,
1145°C, 700°C. Identifique as fases e composições.