Sei sulla pagina 1di 3

Romantismo

Principais características do Romantismo

1. Características estético-literárias

Culto da natureza - os românticos criam um novo modelo de natureza – o


locus horrendus, natureza em tumulto, de imagens tenebrosas, sombrias e
nocturnas.

Subjectividade - o mundo pessoal, as emoções espontâneas e os sentimentos


do EU definem o espaço central da criação.

Sentimentalismo - dá-se lugar à poesia do eu, do amor e da paixão;


supervalorização do EU.

Ânsia de liberdade – vence o desejo de quebrar todas as correntes que


prendem a liberdade do EU.

O mal du siècle - o pessimismo, a melancolia, o desespero, o cansaço, a


volúpia do sofrimento, a angústia de existir, a insaciabilidade e irreverência
humanas e a busca da solidão são tópicos recorrentes.

Evasão - preconiza-se a idealização da realidade circundante e a fuga para


mundos imaginários; valoriza-se o sonho e o devaneio.

Valorização do exótico - o exótico é visto como o “distante no espaço”.

01
Interesse pela Idade Média e suas tradições – as atenções voltam-se para
esta época, para a cultura folclórica, para as tradições, lendas e canções
medievais denegridas pelo racionalismo iluminista; a Idade Média é vista como
“o distante no tempo”.

Nacionalismo - tudo quanto é popular e nacional é exaltado pelos românticos;


culto de uma ideologia patriótica.

Idealização da mulher - anjo ou demónio, a figura da mulher é sempre


idealizada; recorrência do tema do amor insatisfeito e contraditório.

2. Características formais

Libertação estilística.

Versificação mais variada e popularizante.

Justaposição do sublime e do grotesco num estilo que bane as perífrases e


que não vê a fronteira entre o poético e o prosaico na selecção vocabular.

Abandono da mitologia e dos processos eruditos da retórica greco-romana.

Fusão de géneros que haviam sido contrastados pelo Classicismo (é recorrente


a fusão da tragédia e da comédia no drama burguês).

Pontuação expressiva: o uso de exclamações e reticências espelha o estado

02
emocional do sujeito poético.

Estilo declamatório.

Recurso a figuras de estilo que transmitem o manancial de emoções do sujeito


poético, com destaque para a hipérbole.

03