Sei sulla pagina 1di 33
Gastronomia Bases de Panificação Prof.ª Flávia Gazola Curitiba - 2016 1ª Etapa C T P

Gastronomia Bases de Panificação

Prof.ª Flávia Gazola

Curitiba - 2016 1ª Etapa

C T P o s i t i v o

G a s t r o n o m i a

B a s e s d e P a n i f i c a ç ã o

Página 1

1) Planejamento das aulas

Data

Competência(s

Atividades

AM

)

T

28/03

C1

Introdução à panificação; Pão de sálvia; Lascas de polvilho;

 

30/03

C1, C5

pão húngaro; pão francês;

 

01/04

C8

Pesquisa sobre diferentes tipos de farinhas

 

04/04

C1, C5

Pão caseiro (comum e recheado); Pães doces (sonhos, tranças)

 

06/04

C1, C5

Cookies; foccaccia; Pão de azeitonas com tomate seco

 

08/04

C1, C5

Pesquisa sobre pães e seleção da farinha escolhida a partir da mesma

 

11/04

C1, C5

Pão de queijo, Pão integral, Pão de Batata

 

13/04

C1, C5

Donuts, pão de forma e palitos

 

15/04

C1, C5, C6, C8

Elaboração de ficha técnica do pão escolhido

 

18/04

C1, C5

Pão de abobrinha, Croissant, Petit four

 

20/04

C6, C8

Ciabatta, pão colorido, Brioche

 

22/04

C1

Entrega do portfólio com fotos

 

25/04

C1, C5, C6

Prova teórico-prática e entrega da AMT2 (avaliação sensorial)

 

27/04

C1, C3, C6

Reconstrução

 

C T P o s i t i v o

G a s t r o n o m i a

B a s e s d e P a n i f i c a ç ã o

Página 2

Breve Histórico do Pão Principal gênero alimentício de todos os povos desde a Pré-História com registros de fabricação há cerca de 10.000 anos. Inicialmente, na Mesopotâmia, as pessoas utilizavam pedras para moer os grãos, misturando com água e então coziam a mistura sobre o fogo. Os arqueólogos encontraram pão nas ruínas de um vilarejo a beira de um lago da Suíça, onde habitavam pessoas cerca de 4.000 anos atrás. Um cesto de pão que foi assado há 3.500 anos foi encontrado no local onde havia sido enterrada, em uma tumba, no Egito. Antes de o homem aprender a produzir fermento, eles guardavam um pouco de massa crua de cada produção para misturar com a seguinte. Entre as produções de pães, a massa azedava ou fermentava, por ação de leveduras do ar. Quando misturadas com massa fresca, causava o crescimento de toda a massa. Massa fermentada ainda é utilizada hoje em dia para a produção do que é chamado “Pão de massa azeda” (sourdough). Atribui-se aos antigos egípcios o descobrimento do processo de fermentação, eles usavam este princípio por volta do ano 2600 a.C., os egípcios foram provavelmente os primeiros a considerar a panificação como uma forma de arte. Alguns baixos-relevos encontrados em templos egípcios mostravam que eles já sabiam cultivar cereais desde 6.000aC., os egípcios eram grandes bebedores de cerveja e aplicaram seus conhecimentos sobre o processo de fermentação para elaboração do pão, esse mesmo povo criou o primeiro forno e começaram a utilizar diversos tipos de cereais para fazer farinhas e pães. No Brasil foi pouco consumido até o século XIX, pois o trigo importado tornava-o caro e um artigo de luxo. Como aqui eram encontrados diversos alimentos nativos de acesso mais fácil, como a mandioca e o cará, que já faziam parte da dieta dos índios, estes foram naturalmente adotados pelos brancos como alternativa. É somente a partir do século XX que o pão se populariza. O pão é feito a partir de uma farinha, um liquido e um levedo, mas também são encontrados os não fermentados. Existem dois tipos de levedura, o chamado fermento biológico, constituído de microrganismos ativos (que podem ser fresco com 70% de umidade e seco instantâneo com 4% de umidade) e os fermentos químicos, como o fermento em pó e o bicarbonato de sódio. O processo de cozimento pode ser em forno, na chapa, no vapor ou através de fritura.

Trigo: é um dos cereais mais comuns e largamente usado. A farinha de trigo é produzida pela moagem do grão até virar pó. Neste caso, tanto o farelo com a casca externa são peneiradas e separadas. A quantidade de glúten encontrada na farinha, material albuminoso que abunda no trigo, depende do processo de moagem empregado. O glúten é essencial à fermentação, proporcionando um pão leve. O farelo de trigo é a casca mais interna do grão. Separado por trituração, o farelo é separado da farinha branca, mas é uma fibra valiosa para a alimentação. Esse farelo só é mantido na farinha de trigo integral.

O grão de trigo é composto por:

Endosperma 85% Pericarpo 13% Gérmen 2%.

C T P o s i t i v o

G a s t r o n o m i a

B a s e s d e P a n i f i c a ç ã o

Página 3

Tipos de farinha:

Farinha especial é extraída da parte mais central do endosperma e apresenta uma coloração mais clara. Farinha comum obtida através da parte mais externa do endosperma, próxima à casca e por isso apresenta coloração não tão clara. Farinha integral proveniente da casaca, do gérmen e do endosperma. Apresenta uma textura fibrosa e uma coloração mais escura. Farinha semolina é extraída apenas da parte central do grão. Apresenta uma coloração bem clara.

OBS.: a semolina é a fécula, o amido da farinha de um grão, que pode ser arroz, trigo,

é o que sobra depois de um processo de separação por peneira. A força da farinha está relacionada ao comportamento físico da massa durante o

etc

processo de panificação.

O glúten tem duas características:

Elasticidade propriedade que tem de resistir ao esticamento e tentar voltar ao estado original. - Extensibilidade propriedade que tem o glúten de não oferecer resistência e esticar sem romper ou querer voltar. A farinha forte é aquela cujo glúten é elástico e a farinha fraca é a que tem o glúten extensível.

Funções da água na panificação

hidratar a farinha possibilitando a formação do glúten;

dissolver os ingredientes;

determinar a consistência final da massa;

permitir a ação do fermento;

controlar a temperatura final da massa.

Funções do fermento

degradar e transformar o açúcar da massa em gás carbônico e álcool;

maturar a massa;

produzir gás;

melhorar a cor e o sabor dos pães.

produzir substâncias aromáticas.

Funções do sal

fortalecer o glúten;

controlar o tempo de fermentação;

ressaltar o sabor do pão;

branquear o miolo.

C T P o s i t i v o

G a s t r o n o m i a

B a s e s d e P a n i f i c a ç ã o

Página 4

O sal é indispensável na panificação.

Consequências da falta de sal:

amolecimento excessivo da massa; achatamento da massa; fermentação muito rápida; redução de volume do pão.

Consequências do excesso de sal:

Redução da ação do fermento; Endurecimento excessivo do glúten; Pão pesado e duro. Em uma farinha fraca se utiliza o proporção de 2,5% de sal em relação à quantidade de farinha. Em uma farinha média 2,0%. Em uma farinha forte 1,5% Os açúcares, gorduras ou produtos gordurosos, leite e ovos são enriquecedores da massa na panificação. Funções do açúcar

Serve de alimento para o fermento; Funciona como retentor de umidade; Aumenta o tempo de conservação do pão; Melhora o valor nutritivo do pão; Age como corante no pão, devido ao açúcar se caramelizar devido a alta temperatura durante o cozimento; Contribui para o sabor e aroma do pão.

Funções das gorduras

Mais volume ao pão; Maior estabilidade da massa; Melhor conservação do produto; Melhor aroma e sabor; Melhor textura de miolo; Maior valor nutritivo.

Funções do leite

Maior rendimento; Maior estabilidade da massa; Maior o tempo de conservação; Melhora o valor nutritivo; Maior tolerância no crescimento do produto; Melhor aroma, sabor e cor da casca.

Funções dos ovos

Maior sabor nutritivo; Melhor aroma e sabor; Cor do produto mais acentuada; Maior tempo de conservação; Melhora o volume e desenvolvimento.

C T P o s i t i v o

G a s t r o n o m i a

B a s e s d e P a n i f i c a ç ã o

Página 5

Aditivos Substancias naturais ou artificiais, intencionalmente acrescentadas aos alimentos durante a sua preparação ou processo de industrialização para atingir um ou mais dos seguintes objetivos:

Manter ou ampliar a qualidade nutritiva; Conservar o frescor e a qualidade do produto; Ajudar no seu processamento na preparação; Torna-lo mais bonito, interessante ou saboroso.

De acordo com sua finalidade, podem ser divididos nas seguintes categorias:

Conservantes;

Estabilizante;

Corantes;

Antioxidantes;

Flavorizantes;

Edulcorantes;

Umectantes;

Anti-umectante;

Espessantes;

Espumíferos;

Anti-espumíferos.

O fato de muitos deles serem artificiais não implica, necessariamente, que sejam nocivos, assim como o fato de serem naturais, não assegura que sejam saudáveis. Tanto um como outro deve ser usado de forma controlada para se obter melhor resultado.

Métodos de fermentação Indireto esponja ex.: pão italiano. Direto convencional como o processo artesanal de fabricação de pão francês (farinha, fermento, água, sal, açúcar, etc.) Rápido mistura pré-prontas.

Equipamentos utilizado na panificação:

Amassadeiras; Cilindros; Divisoras; Modeladoras; Câmaras de fermentação; Fornos, Utensílios.

Etapas da panificação Mistura também chamada de amassamento, é a primeira operação efetuada pelo padeiro. O objetivo primordial é misturar todos os ingredientes e preparar a massa. Pode ser manual ou mecânica. Fermentação primária ou pré-fermentação, é o primeiro período de repouso logo

C T P o s i t i v o

G a s t r o n o m i a

B a s e s d e P a n i f i c a ç ã o

Página 6

depois da mistura e da sova. Ela começa quando termina a sova e finaliza com o primeiro boleamento. A massa deverá repousar em uma bacia ou sobre a mesa de trabalho, sempre tampada para evitar que a massa resseque. Divisão também chamada de porcionamento ou pesagem, geralmente feita com o auxilio de uma balança e de uma máquina divisora. É necessária para que todos os pães tenham o mesmo tamanho e sejam os mais regulares possíveis. Boleamento final e modelagem nesta etapa o pão começa a tomar forma e aparência do pão definitivo, para depois se transformar em baguetes, pão francês, pão careca, etc. Fermentação final é o segundo repouso pelo qual a massa terá que passar. Começa com o fim do boleamento e termina cerca de 5 minutos depois que o pão é levado ao forno. Durante esse tempo o pão aumenta de volume graças a ação do fermento. Cocção ou cozimento é a última etapa da panificação. É durante o cozimento no forno que ocorre a transformação da massa no pão propriamente dito. Nessa fase serão determinados o aspecto e o gosta do pão.

EQUIVALÊNCIA DE PESOS E MEDIDAS

PASSO A PASSO

1 - Afofe e peneire ingredientes secos como farinhas, açúcar e outros, antes de serem medidos. Coloque-os cuidadosamente no recipiente de medida, sem serem medidos. Coloque-os cuidadosamente no recipiente de medida, sem serem comprimidos ou sacudidos.

2 - Coloque o recipiente para medir ingredientes líquidos sobre uma superfície reta e verifique o nível na altura da vista.

3 - Retire da Geladeira com antecedência as gorduras sólidas como manteigas, margarinas, banhas e outras, para que sejam medidas na temperatura ambiente. Coloque no recipiente de medida, apertando para que não fiquem buracos vazios ou bolhas de ar.

C T P o s i t i v o

G a s t r o n o m i a

B a s e s d e P a n i f i c a ç ã o

Página 7

 

Pesos e Medidas

 

1 Litro

4

copos

1000 ml

americanos

 

16 colheres

 

1 Xícara

(sopa)

240 ml

 

3

colheres

 

1 Colher (sopa)

(chá)

15 ml

1 Colher (chá)

1/3 colher

5 ml

(sopa)

Ingredientes (1 Xícara de chá)

 

Peso

Açúcar

160

g

Araruta

150

g

Arroz cru

210

g

Amêndoas, nozes e castanhas.

140

g

Aveia

80

g

Banha

230

g

Chocolate em pó

90

g

Coco seco ralado

80

g

Farinha de mandioca

150

g

Farinha de rosca

80

g

Farinha de Trigo

120

g

Fubá

120g

 

Maisena

150

g

Manteiga

230

g

Mel

300

g

Polvilho

150

g

Queijo ralado

80

g

Uva Passa

140

g

C T P o s i t i v o

G a s t r o n o m i a

B a s e s d e P a n i f i c a ç ã o

Página 8

Equivalências (g)

1 litro

equivale a 6 xícaras(chá) ou 4 copos

1 garrafa

equivale a 3 e ½ xícaras(chá) ou 2 e ½ copos

1 copo de água comum

equivale a 250 g

1 prato fundo nivelado

equivale a 200 g

1 xícara (chá) de liquido

equivale a 150 g ou 20 colheres (sopa)

xícara de chá rasa de açúcar

1

equivale a 120 gramas

¼

xícara de chá de liquido

equivale a 5 colheres (sopa)

1/3 xícara de chá de liquido

equivale a 6 colheres (sopa)

1/2 xícara de chá de liquido

equivale a 10 colheres (sopa)

2/3 xícara de chá de liquido

equivale a 12 colheres (sopa)

¾ xícara de chá de liquido

equivale a 15 colheres (sopa)

1 cálice

equivale a 9 colheres de sopa de liquido

1 quilo

equivale a 5 e ¾ Xícaras de chá

250 g de manteiga

equivale a 1 e ¼ Xícara de chá

¼

de xícara de chá de

 

manteiga ou margarina

equivale a 4 colheres de sopa

xícara de chá de amendoim torrado

1

equivale a 140 gramas

xícara de chá de farinha de rosca

1

equivale a 150 gramas

colher se sopa de farinha de rosca

1

equivale a 11 gramas

xícara de chá de coco ralado seco

1

equivale a 75 gramas

1 xícara de chá de óleo

equivale a 170 gramas

1 colher de sopa de óleo

equivale a 10 gramas

1 colher se sopa de sal

equivale a 13 gramas

1 colher de chá de sal

equivale a 5 gramas

colher de sopa de fermento em pó

1

equivale a 12 gramas

1

colher de chá de fermento

equivale a 5 gramas

C T P o s i t i v o

G a s t r o n o m i a

B a s e s d e P a n i f i c a ç ã o

Página 9

em pó

 

1 xícara de chá de maisena

equivale a 120 gramas

1 colher de sopa de maisena

equivale a 8 gramas

1 colher de chá de maisena

equivale a 2 gramas

pitada é o tanto que se pode segurar entre as pontas de dois dedos ou 1/8 de colher

1

Líquidos(leite, água, óleo, bebidas alcoólicas, café, etc.)

(ml)

1

Xícara

240 ml

½ xícara

120 ml

1/3 xícara

80 ml

¼ xícara

60 ml

1

colher sopa

15 ml

1

colher chá

5 ml

Chocolate em pó(cacau em pó)

1 Xícara

90

g

½ xícara

45

g

1/3 xícara

30

g

¼ xícara

20

g

1 colher sopa

6 g

Manteiga(margarina e gordura vegetal)

Manteiga(margarina e gordura vegetal)

1 xícara

½ xícara

1/3 xícara

200 g

100g

65 g

C T P o s i t i v o

G a s t r o n o m i a

B a s e s d e P a n i f i c a ç ã o

Página 10

¼ xícara

16g

1 colher de

 

sopa

20 g

 

Açúcar

1 Xícara

180 g

½ xícara

90

g

1/3 xícara

60

g

¼ xícara

45

g

1 colher sopa

12

g

1 colher de chá

4 g

 

Farinha de trigo

1 Xícara

120 g

½ xícara

60

g

1/3 xícara

40

g

¼ xícara

30g

1 colher de sopa

10

g

1 colher de chá

3 g

C T P o s i t i v o

G a s t r o n o m i a

B a s e s d e P a n i f i c a ç ã o

Página 11

1ª Aula

Pão de Cebola e sálvia

Quantidade

Unidade

Ingrediente

0,500

Kg

Farinha de trigo

0,020

Kg

Fermento biológico seco

0,015

Kg

Sal

2

uni

Cebola brunoise caramelizada

0,015

Kg

Sálvia picada

6

Colher de sopa

Azeite de oliva

Modo de preparo:

1. Cortar a cebola em brunoise e caramelizar em azeite até que fique cor de caramelo. Reservar

2. Misturar todos os ingredientes secos.

3. Adicionar a sálvia, a cebola e o azeite.

4. Fazer um buraco no meio para adicionar a água morna.

5. Sovar a massa até homogeneizar

6. Deixe descansar (primeira fermentação)

7. Formatar a massa

8. Deixe descansar (segunda fermentação)

Assar a 180°C por aproximadamente 15 min

Obs.:

Lascas de polvilho (fazer 2X para toda turma)

Quantidades

Unidades

Ingredientes

0,200

L

Água

0,200

L

Óleo de soja

0,500

Kg

Polvilho azedo

0,020

Kg

Açúcar

0,025

Kg

Sal

1

Unidade

Ovo pequeno

0,350

L

Leite

   

Margarina para untar as formas

C T P o s i t i v o

G a s t r o n o m i a

B a s e s d e P a n i f i c a ç ã o

Página 12

Modo de preparo:

1. Em uma panela colocar a água, o óleo e levar ao fogo até ferver.

2. Em uma bacia colocar o polvilho, o açúcar, o sal e misturar.

3. Quando ferverem os ingredientes da panela, despejar na bacia para escaldar o polvilho.

Misturar os ingredientes com uma colher.

4. Adicionar o ovo e o leite e misturar com um fouet até ficar homogênea.

5. Untar uma assadeira com a margarina e enfarinhar.

6. Espalhar a massa com o auxílio de uma espátula, para ficar uniforme.

7. Levar ao forno pré-aquecido a 180º C por 25 minutos, até dourar.

8. Quebrar as lascas. Servir.

2ª Aula

Pão Francês

 

Unidade

   

Quantidade

medida

Ingredientes

Porcentagem

 

Gramas

Farinha de trigo

100%

 

Gramas

Melhorador

1%

 

Gramas

Açúcar

0,5%

 

Gramas

Água

60%

 

Gramas

Sal

2%

 

Gramas

Fermento biológico seco

0,5%

Modo de preparo:

1 Colocar na masseira os ingredientes secos: Farinha de trigo, Açúcar, melhorador e fermento. Misturar por alguns segundos.

2 Adicionar 90% do líquido, misturar por 2 minutos. Se necessário acrescentar o restante da água.

3 Por ultimo adicione o sal, misturar até obter ponto de véu (aproximadamente 3 a 5 minutos) ou até obter ponto de véu.

Por ultimo adicione o sal, misturar até obter ponto de véu (aproximadamente 3 a 5 minutos)

C T P o s i t i v o

G a s t r o n o m i a

B a s e s d e P a n i f i c a ç ã o

Página 13

Pão Húngaro

 

Unidade

   

Quantidade

medida

Ingredientes

Porcentagem

 

Gramas

Farinha de Trigo

100%

 

Gramas

Açúcar Refinado

3%

 

Gramas

Fermento Seco

1%

 

Gramas

Leite

16%

 

Gramas

Manteiga

26%

 

Gramas

Ovo

30%

   

Recheio

 
 

Gramas

Leite condensado Cozido

52%

 

Gramas

Goiabada

52%

   

Ingredientes para Besuntar

 
 

Gramas

Açúcar Cristal

40%

 

Gramas

Manteiga

15%

 

Gramas

Canela em pó

2%

   

Calda

 
 

Gramas

Água

16%

 

Gramas

Açúcar

32%

Modo de preparo:

1. Fazer esponja com Fermento, Açúcar, 4% de trigo 6% de água da receita. Deixar

descansar por 15 minutos ou até formar uma esponja bem aerada.

2. Peneire o Trigo e reserve.

3. Adicionar os ingredientes líquidos na esponja, e misturar na farinha de trigo.

4. Fazer bolinhas com o pão, recheado com doce de leite.

5. Besuntar as bolinhas com manteiga derretida e depois passar no açúcar cristal com

canela.

6. Fazer uma calda com açúcar e água a 120°C.

7.Assar em forno a 180°C por 40 a 45 minutos

8. Regar a metade da calda o pão. Depois de assado, regar com o restante da calda, e

voltar o pão para craquelar por mais 5 minutos no forno.

C T P o s i t i v o

G a s t r o n o m i a

B a s e s d e P a n i f i c a ç ã o

Página 14

3ª aula

Pão Caseiro - Massa básica

 

Unidade

   

Quantidade

medida

Ingrediente

Porcentagem

(+/-) 300

Gramas

Farinha de trigo

 

100

Gramas

Leite Integral (temp. ambiente)

 

25

Gramas

Fermento biológico fresco

 

1

Unidade

Ovo

 

50

Gramas

Óleo de soja

 

12

Gramas

Açúcar

 

6

Gramas

Sal

 

Modo de preparo:

Em superfície previamente higienizada, fazer uma coroa com a farinha de trigo e o açúcar, no centro desta coroa despejar o leite e o fermento e aos poucos misturar à farinha de trigo. Acrescente o ovo, o óleo e o sal e continue a misturar até obter uma massa homogênea. Neste momento a massa começa a soltar da mão, caso contrário acrescente um pouco mais de farinha e comece a sovar a massa rasgando-a. Esta sova leva em torno de 20/25 minutos ou até obter “ponto de véu” Colocar a massa em uma superfície enfarinhada, cobrir e deixar crescer por aproximadamente 35 a 40 minutos. Dar o formato desejado e colocar os pães em uma forma levemente untada. Cobrir e deixar crescer mais alguns minutos. Levar para assar em forno pré-aquecido 160°C até ficarem levemente dourados.

Obs.:

C T P o s i t i v o

G a s t r o n o m i a

B a s e s d e P a n i f i c a ç ã o

Página 15

Massa Básica Doce: Pão de leite - Rosca Recheada Lua de Mel Doguinho Sonho

Quantidade

Unidade

Ingredientes

Porcentagem

Esponja

Medida

Esponja

Esponja

 

Gramas

Farinha de Trigo

20%

 

Gramas

Fermento Biológico Seco

1,5%

 

Gramas

Água

20%

 

Unidade

 

Porcentagem

Quantidades

Medida

Ingredientes

6000

Gramas

Farinha de trigo

100%

1500

Gramas

Leite Integral

25%

1200

Gramas

Água

20%

600

Gramas

Ovos

10%

600

Gramas

Manteiga integral sem sal

10%

900

Gramas

Açúcar Refinado

15%

90

Gramas

Sal

1,5%

90

Gramas

Fermento biológico seco

1,5%

60

Gramas

Melhorador

1,0%

Recheio

     

doguinho

200

Gramas

Salsicha tipo vina

 

Recheio

     

sonho

200

Gramas

Doce Leite

 

200

Gramas

Goiabada

 

Recheio

     

Rosca coco

200

Gramas

Leite condensado

 

100

Gramas

Uvas passas (branca e preta)

 

100

Gramas

Coco fresco (ralado/congelado)

 

Recheio Lua

     

de Mel

150

Gramas

Creme confeiteiro

 

Modo de preparo:

Preparo da massa:

1 - Preparar a esponja com as porcentagens indicadas acima, misturar até obter uma massa homogênea. Descansar por 30 minutos.

2 Misturar a farinha de trigo restante, o açúcar e o melhorador para pães por 1 minuto.

3 Adicionar a esponja e o restante do líquido, misturar por mais 1 minuto.

C T P o s i t i v o

G a s t r o n o m i a

B a s e s d e P a n i f i c a ç ã o

Página 16

4 Adicione o sal e manteiga e bater por mais 3 minutos até obter o ponto de véu.

5 Retirar a massa da masseira, porcionar, bolear, deixar descansar, modelar, acondicionar nas assadeiras e levar para fermentar.

Porcionamento:

Rosca recheada

 

250 gramas de massa

+ recheio

Lua de Mel

25

gramas de massa

+ recheio

Sonho

40

gramas de massa

+ recheio

Pão de leite

60

gramas de massa

 

Doguinho

40

gramas de massa

+ vina

 

4ª Aula

Foccacia

 

Unidade

 

Porcentagem

Quantidades

Medida

 

Ingredientes

350

Gramas

 

Farinha de trigo

   

10

Gramas

 

Fermento instantâneo seco

   

1

Unidade

 

Ovo

 

200

ml

Água

   

60

ml

Azeite de Oliva

   
 

c.

de

   

1

sobreme

Açúcar

 

sa

1

c.

café

 

Sal

 

Cobertura

     

½

Unidade

 

Cebola roxa Julienne

   

100

Gramas

Tomate cereja cortado ao meio

 

Qb

 

Azeite

   

Qb

Gramas

 

Sal Grosso

   

Qb

   

Orégano

   

Qb

 

Alecrim fresco

   

Modo de preparo

Juntar o fermento, a agua e a farinha, fazer o método esponja e esperar fermentar. Colocar em uma bacia o restante da farinha, o açúcar, o sal, o ovo e o azeite e misturar bem. Passar a massa para uma bancada enfarinhada e sovar bem. Deixar crescer em uma bacia coberta com plástico até dobrar de volume.

C T P o s i t i v o

G a s t r o n o m i a

B a s e s d e P a n i f i c a ç ã o

Página 17

Colocar a massa em uma assadeira retangular untada com azeite. Com os dedos, afunde a massa como se estivesse fazendo buracos. Espalhe por cima da massa a cebola, o tomate, o sal grosso. Regar com azeite e por último colocar o orégano e o alecrim. Assar em forno pré-aquecido 170°C por 45 minutos. Esperar esfriar pelo menos 20 minutos antes de desenformar e servir.

Pão de tomate seco e azeitonas pretas

 

Unidade

 

Porcentagem

Quantidades

Medida

Ingredientes

500

gramas

Farinha de trigo

 

20

gramas

Fermento biológico seco

 

15

gramas

sal

 

5

gramas

melhorador

 

120

gramas

Tomate seco picado

 

50

gramas

Azeitonas pretas picadas

 

9

Colher

Azeite de oliva

 

de sopa

Água morna até dar ponto

     

Modo de preparo:

1. Misturar todos os ingredientes secos

2. Adicionar o tomate seco, as azeitonas e o azeite de oliva

3. Adicionar água morna até a massa soltar da mão

4. Sovar até a massa ficar homogênea e lisa

5. Fermentar por 15min

6. Formatar a massa e fermentar novamente até dobrar o volume

7. Untar o pão com ovo batido

8. Assar por aproximadamente 15 min a 180°C

C T P o s i t i v o

G a s t r o n o m i a

B a s e s d e P a n i f i c a ç ã o

Página 18

Cookies

 

Unidade

 

Quantidade

Medida

Ingredientes

80

Gramas

Manteiga gelada

30

Gramas

Gordura vegetal

120

Gramas

Açúcar mascavo

100

Gramas

Açúcar refinado

1

c.sopa

Mel

1

c.

café

Sal

1

c.

café

Fermento químico

1

c.

café

Bicarbonato de sódio

1

c.

café

Essência de baunilha

1

unidade

Ovo

0,250

Gramas

Farinha de trigo

0,050

Gramas

Nozes - cortadas

0,050

Gramas

Gotinhas de chocolate (ou meio amargo em barra)

Modo de preparo:

Misturar todos os ingredientes. Fazer bolinhas e colocar em forma untada e com espaço suficiente para elas assarem. Assar em forno 180°C por +/- 10 minutos.

5ª Aula

Pão de Queijo Nesta receita de pão de queijo iremos utilizar o polvilho azedo que propícia a explosão e crescimento no momento do forneamento e também o polvilho doce que dará textura e sabor final.

Quantidade

Unid.

   

Medida

Ingredientes

Porcentagem

300

Gramas

Polvilho Azedo

60%

200

Gramas

Polvilho Doce

40%

10

Gramas

Sal Refinado

2%

75

Gramas

Óleo de Milho

15%

275

Gramas

Leite Integral

55%

70

Gramas

Ovos

14%

300

Gramas

Queijo Meia Cura

60%

140

Gramas

Queijo Parmesão

28%

Modo de preparo:

Ferver numa panela o leite e o óleo. Retirar do fogo e escaldar os polvilhos, mexendo com as pontas dos dedos para formar uma massa homogênea. Cuidado com a temperatura da massa. DEIXAR ESFRIAR. Colocar os ovos 1 a 1, misturar bem.

C T P o s i t i v o

G a s t r o n o m i a

B a s e s d e P a n i f i c a ç ã o

Página 19

Acrescentar o queijo ralado e misturar bem. Fazer as bolinhas do tamanho desejado e colocar em uma forma untada. Levar para assar em forno pré-aquecido 180°C, até ficar levemente dourado. Servir quente.

Pão integral

O pão integral nunca deve ser comido recém-feito, ainda mais porque ele permanece macio e fresco por bastante tempo. É um pão de cor morena, com casca lisa e suave. Possui textura maciça com alvéolos regulares, miolo flexível e bem aderido a casca. É consumido em muitos países europeus.

 

Unidade

 

Porcentagem

Quantidades

medida

Ingredientes

250

Gramas

Farinha de trigo

50%

250

Gramas

Farinha integral

50%

300

Gramas

Água

60%

5

Gramas

Melhorador

1%

10

Gramas

Fermento biológico seco

2%

10

Gramas

Sal

2%

20

Gramas

Açúcar

4%

20

Gramas

Manteiga

4%

1

Unidade

Ovo (para pincelar)

 
 

Qb

Óleo de soja (para untar)

 

Finalização

     

qb

 

Gergelim branco

 

qb

 

Castanha do pará

 

qb

 

Linhaça escura

 

qb

 

Flocos de aveia - grosso

 

Modo de preparo:

Em uma bacia colocar as farinhas, o melhorador, o açúcar, o fermento e misturar. Na bancada previamente higienizada, fazer uma coroa com essa mistura e no centro adicionar aos poucos a água e continuar incorporando à mistura. Por último adicionar a manteiga (pomada) e o sal. Sovar a massa até ficar homogênea. Cobrir e deixar repousar por 30 minutos. Retirar a massa da bacia e colocar sobre uma superfície plana e higienizada. Cortar a massa e com o auxílio de uma balança fazer porções de 40 g. Bolear as porções de massa. Deixar cobertas com plático sobre a superfície por 15

C T P o s i t i v o

G a s t r o n o m i a

B a s e s d e P a n i f i c a ç ã o

Página 20

minutos. Untar uma assadeira com óleo de soja. Colocar o ovo em uma tigela e bater com batedor de arame. Dispor os pãezinhos na assadeira (untada com o restante do óleo), e com o auxílio de um pincel, pincelar o ovo batido na parte superior dos pãezinhos e finalizar com gergelim, castanha, linhaça ou aveia. Levar ao forno pré-aquecido a 180ºC por 15 minutos e servir.

e finalizar com gergelim, castanha, linhaça ou aveia. Levar ao forno pré-aquecido a 180ºC por 15

Pão de Batata

Quantidade

Unidade

Ingrediente

Porcentagem

Medida

300

Gramas

Farinha de Trigo

100%

10

Gramas

Fermento Biológico seco

3%

3

Gramas

Melhorador

1%

30

Gramas

Açúcar

10%

120

Gramas

Batata asterix cozida

40%

10

Gramas

Sal

3%

20

Gramas

Manteiga

7%

1

Unidade

Ovo

 

60

Gramas

Leite integral

20

Recheio

     

100

Gramas

Queijo catupiry

 

Modo de preparo:

Misturar todos os ingredientes amassando sempre até obter uma massa homogênea. Fazer uma bola e deixar descansar por 20 minutos. Sovar bem a massa, por aproximadamente 15 minutos, dividir a massa em bolas de 40 gramas, rechear com o queijo catupiry, dispor em assadeiras untadas e deixar descansar coberto com plástico em local aquecido até dobrar o volume. Assar em forno pré-aquecido a 160°C por aproximadamente 20 a 30 minutos.

C T P o s i t i v o

G a s t r o n o m i a

B a s e s d e P a n i f i c a ç ã o

Página 21

 

6ª Aula

Donuts

 

Unidade

 

Porcentagem

Quantidades

Medida

Ingredientes

300

Gramas

Farinha de Trigo

 

10

Gramas

Fermento biológico seco

 

30

Gramas

Açúcar

 

100

Gramas

Leite

 

50

Gramas

Manteiga

 

1

Un.

ovo

 

1

Pitada

Sal

 

Finalização

     

150

Gramas

Chocolate fracionado

 

Qb

 

Açúcar

 

Qb

 

Canela em pó

 

150

Gramas

Fondant (derreter a 60°C)

 

Modo de preparo:

Num bowl colocar o leite morno, o fermento e o açúcar. Misturar bem. Acrescentar um pouco de farinha de trigo e misturar com uma colher. Acrescentar a gema, mais um pouco de farinha, a manteiga e o sal. Juntar mais farinha e amassar até desgrudar das mãos. Sovar por 10 minutos. Deixar a massa descansar por 20 minutos, coberta com um plástico. Quando a massa dobrar de volume, sovar a massa novamente, abrir a massa em uma superfície enfarinhada com 1 cm de espessura. Cortar em círculos com 6cm de diâmetro. Deixar crescer por mais 30 minutos. Assar a 160°C por aproximadamente 8 a 10 minutos e em seguida fritar por imersão. Escorrer o excesso de óleo e colocar em cima de um papel toalha. Decorar a gosto, com chocolate, ou açúcar e canela ou fondant.

Pão de Forma

Quantidade

Unidade

Ingredientes

Porcentagem

Medida

500

Gramas

Farinha de Trigo

 
   

Açúcar refinado

3%

   

Melhorador

1%

   

Fermento Biológico Seco

2%

   

Leite em pó

5%

   

Agua

58%

   

Sal refinado

2%

   

Manteiga sem sal

2%

C T P o s i t i v o

G a s t r o n o m i a

B a s e s d e P a n i f i c a ç ã o

Página 22

Modo de Preparo:

Misturar a farinha de trigo, o açúcar, o melhorador, o leite em pó e o fermento (SECOS), em seguida acrescentar metade da água e continuar a misturar. Acrescente o sal e o restante da agua misture tudo até começar a soltar da mão. Por último acrescente a manteiga até incorporar totalmente à massa. Comece então a sovar sempre rasgando a massa para formar a rede de glúten (ponto de véu) Dividir a massa ao meio, deixar em superfície enfarinhada por 20 minutos (descanso) Modelar e dispor em forma previamente untada para fermentação (40 minutos) Porcionamento: Para forma grande 1,300 gramas de massa Para forma pequena 900 gramas de massa Forneamento: 170°C Tempo: 18 a 25 minutos ou até a temperatura interna do pão atingir 95°C

Palitos

 

Unidade

 

Quantidade

Medida

ingredientes

250

Gramas

Farinha de trigo

5

Gramas

Sal

50

Gramas

Manteiga sem sal

125

L

Água

1

Unidade

Ovo

 

Qb

Gergelim branco

 

Qb

Especiarías a gosto

Modo de preparo:

1. Em uma bacia colocar a farinha, o sal e misturar.

2. Acrescentar a manteiga, a água e sovar a massa até ficar homogênea.

3. Cobrir com fita filme e descansar na geladeira por 1 hora.

4. Retirar da geladeira e da bacia.

5. Com a ajuda de um cilindro ou rolo, abrir a massa em folhas de 2 mm de espessura.

6. Em uma tigela colocar o ovo e bater ligeiramente com um batedor de arame.

7. Colocar a massa em uma assadeira untada.

8. Cortar as lâminas em palitos de 0,5cm de largura por 7cm de comprimento.

9. Com um pincel, pincelar os ovos sobre as lâminas de massa.

10. Polvilhar o gergelim e especiarias sobre as massas pinceladas.

11. Levar ao forno pré-aquecido a 180º C por 15 minutos e servir em seguida.

C T P o s i t i v o

G a s t r o n o m i a

B a s e s d e P a n i f i c a ç ã o

Página 23

7ª Aula

Pão de Abobrinha

 

Unidade

 

Porcentagem

Quantidade

Medida

Ingredientes

150

Gramas

Farinha de trigo

 

150

Gramas

Abobrinha verde ralada

 

120

ml.

Óleo de soja

 

½

C.

(chá)

Açúcar

 

1

C.

(chá)

Sal

 

2

Un.

Ovos

 

2

C.

(chá)

Fermento químico em pó

 

1

C.

(chá)

Bicarbonato de sódio

 
 

Q.B.

Pimenta do reino

 

100

Gramas

Parmesão ralado

 

Modo de preparo:

Aqueça o forno a 180°C, unte com manteiga e polvilhe com farinha uma forma de pão.

Numa tigela, misture a abobrinha, a farinha, o queijo parmesão, o fermento, o sal, o açúcar,

Reserve.

Com auxílio do liquidificador, bata o óleo, e os ovos até obter um creme esbranquiçado. Junte à mistura de abobrinha e misture bem. Coloque na forma e asse por uns 40 minutos até que o pão esteja crescido e dourado. Deixe esfriar, desenforme e sirva em fatias.

a

pimenta

e

o

bicarbonato.

Croissant

Quantidade

Unidade

Ingredientes

Porcentagem

Medida

 

Gramas

Farinha de Trigo

100%

 

Gramas

Açúcar refinado

13%

 

Gramas

Sal refinado

1,5%

 

Gramas

Fermento Biológico Seco

8%

 

Gramas

Manteiga Integral sem sal

9%

 

Gramas

Água

30%

 

Gramas

Leite Integral

20%

 

Gramas

Manteiga Especial p/ Folhados

50%

Modo de Preparo:

1. Com auxílio de um rolo abrir a manteiga especial em um filme plástico em formado de um quadrado. Reservar.

2. Misturar todos os ingredientes para a massa do croissant até obter uma massa lisa e homogênea, embalar em papel filme e levar a geladeira por 15 minutos.

3. Abrir a massa em superfície enfarinhada com auxílio de um rolo, em formato quadrado. Colocar a manteiga especial em forma de um losango e fechar

C T P o s i t i v o

G a s t r o n o m i a

B a s e s d e P a n i f i c a ç ã o

Página 24

envelopando.

4. Abrir na forma de um retângulo e fazer uma dobra de 3 (dobra simples)

5. Cobrir com papel filme e levar a geladeira por 15 minutos.

6. Descansar e repetir a dobra sempre com uso de farinha na bancada e sobre a massa, por mais 3 a 4 vezes.

7. Abrir a massa com a espessura de 3mm.

Modelagem:

1. A massa deve ser cortada em triângulos com base de 10 cm e altura de 22 cm.

2. A base deve receber um pequeno corte que ao enrolar o croissant, consiga formar uma meia lua.

3. Existem cortadores próprios para facilitar, padronizar e agilizar a produção. Eles podem ser em forma de um rolo com tamanhos e formatos diferentes.

3

em forma de um rolo com tamanhos e formatos diferentes. 3 4 2 22 22c22 Dobras
em forma de um rolo com tamanhos e formatos diferentes. 3 4 2 22 22c22 Dobras
4 2 22 22c22
4
2
22
22c22

Dobras simples

1

e formatos diferentes. 3 4 2 22 22c22 Dobras simples 1 C T P o s

C T P o s i t i v o

G a s t r o n o m i a

B a s e s d e P a n i f i c a ç ã o

Página 25

Petit four de leite condensado

 

Unidade

 

Porcentagem

Quantidade

Medida

Ingredientes

2

uni

ovo

 

75

gramas

margarina

 

1 /2

lata

Leite condensado

 

100

gramas

Açúcar

 

700 (aprox.)

gramas

Amido de milho ou polvilho doce

 

Modo de preparo:

1. Misturar todos os ingredientes, com exceção do amido

2. Adicionar o amido aos poucos até a massa desgrudar totalmente das mãos

3. Enrolar tirinhas e cortar as bolachinhas com uma espátula

4. Levar ao forno aquecido a 180°C por aproximadamente 10 min

 

8ª aula

Ciabatta

 

Unidade

 

Porcentagem

Quantidade

Medida

Ingredientes

400

Gramas

Farinha de Trigo

 

15

Gramas

Leite em pó

 

10

Gramas

açúcar

 

10

Gramas

Sal

 

10

Gramas

Fermento biológico seco

 

100

ml.

Azeite de oliva

 

(aprox.) 250

ml.

Água Morna

 

Recheio

     
   

Rúcula

 
   

Tomate seco

 
   

Mozzarela de Bufala

 

Modo de preparo

1. Em uma bacia colocar a farinha, o sal, o açúcar, o fermento, o leite em pó e misturar.

2. Adicionar metade do azeite de oliva e acrescentar a água aos poucos, misturar

sovando/rasgando a massa até ficar homogênea.

3. Untar uma assadeira de 60 cm por 40 cm com azeite de oliva.

C T P o s i t i v o

G a s t r o n o m i a

B a s e s d e P a n i f i c a ç ã o

Página 26

4.

Colocar a massa na assadeira e com os dedos distribuí-la de forma plana, até preenchê-

la.

5.

Regar com metade do restante o azeite de oliva e deixar repousar por 40 minutos.

6.

Dentro da assadeira, dobrar um terço da massa da direita para a esquerda, sobre a

outra parte.

7. Dobrar o outro terço da massa da esquerda para a direita, sobre a massa que já foi

dobrada.

8. Com as pontas dos dedos, furar a massa para extrair as bolhas de ar, e novamente com

os dedos distribuí-la em forma plana, até preencher o fundo da assadeira.

9. Deixar levedar por 40 minutos.

10. Sobre uma superfície plana e higienizada, polvilhar com trigo.

11. Retirar a massa da assadeira e colocar sobre a superfície polvilhada.

12. Polvilhar um pouco de trigo sobre a massa e cortar com 10 cm de largura por 5 cm de

comprimento.

13. Colocar a massa cortada em uma assadeira e levar o forno pré-aquecido por 30

minutos a 170°C

14. Retirar do forno e servir em seguida.

 

Brioche

 

Unidade

 

Porcentagem

Quantidade

Medida

Ingredientes

500

gramas

Farinha de trigo

 

25

gramas

Açúcar

 

10

gramas

Sal

 

100

gramas

Manteiga a temperatura ambiente

 

25

gramas

Fermento biológico seco

 

3

uni

ovo

 

100

gramas

Leite morno

 

Modo de preparo:

1. Misturar todos os ingredientes secos

2. Adicionar a manteiga até dissolvê-la

3. Fazer um buraco no centro e adicionar os ovos e o leite morno

4. Sovar até a massa ficar homogênea e lisa

5. Fermentar por 15min

6. Formatar a massa e fermentar novamente até dobrar o volume

7. Untar o pão com ovo batido

8. Assar por aproximadamente 15 min a 180°C

C T P o s i t i v o

G a s t r o n o m i a

B a s e s d e P a n i f i c a ç ã o

Página 27

Pão Colorido

 

Unidade

 

Porcentagem

Quantidade

Medida

Ingredientes

30

Gramas

Manteiga sem sal

 

50

Gramas

Açúcar

 
 

C. de

   

1

chá

Sal

10

Gramas

Fermento biológico seco

 

1

Unidade

Ovo pequeno

 

300

Gramas

Farinha de trigo

 

Sabores

     

100

Gramas

Cenoura cozida - pasta

 

100

Gramas

Beterraba cozida - pasta

 

½

Maço

Espinafre branqueado e moído

 

Modo de preparo

Com auxílio de um liquidificador, fazer uma polpa com a manteiga, o açúcar, o sal, o ovo e a cenoura cozida. Repetir o mesmo processo com a beterraba e com o espinafre. Colocar em uma bacia a farinha de trigo e o fermento e acrescentar a polpa. Amassar bem. Sovar a massa por 20 minutos e deixar crescer até dobrar de volume. Repetir o processo com o espinafre e também com a beterraba. Depois que as três massas crescerem, pegar uma parte de cada uma, fazer rolos e trançar as três cores juntas. Colocar a massa em forma untada e deixar crescer por alguns minutos. - Levar para assar em forno pré-aquecido (150°C), por 40 minutos.

Anotações:

C T P o s i t i v o

G a s t r o n o m i a

B a s e s d e P a n i f i c a ç ã o

Página 28

Receitas extras

1. BAGEL

Quantidades

Unidades

Ingredientes

0,500

K

Farinha de trigo

0,010

K

Sal

0,020

K

Açúcar

0,010

K

Fermento biolog. Seco

0,240

L

Agua Morna

1

Unidade

Ovo batido

0,025

K

Manteiga

Modo de Preparo:

Misture a farinha o sal o açúcar e reserve. Em um recipiente grande, coloque a água morna e o fermento e misture bem até dissolver por completo, acrescente o ovo e a manteiga derretida, misture bem. Junte as duas misturas e sove com as mãos até obter uma massa homogênea, deixe

descansar em superfície enfarinhada e coberta com um plástico. (aprox

Aperte bem a massa para liberar os gases formados pela fermentação, e sove novamente por aproximadamente 10/15 minutos.

Corte porções de aprox. 75 gr e boleie manualmente. Enfie o dedo em cada bolinha de massa até obter um buraco uniforme, esse será o formato de bagel. Coloque os bagels em forma enfarinhada, cubra e deixe descansar por 10 minutos. Enquanto isso, encher uma panela com água e deixar ferver com xícara de Açúcar. Disponha os bagels em água fervente até subirem a superfície, vire-os e deixe mais 4 minutos cozinhando. Retire-os e disponha em assadeira enfarinhada. Deixe descansar mais 10 minutos, pincele com ovo batido com uma pitada de sal e leve ao forno pré- aquecido a 250°C por 15 minutos ou até dourar.

1

hora)

2. Alfajor

Quantidades

Unidades

Ingredientes

0,330

K

Farinha de trigo

0,065

K

Amido de milho

0,003

K

Sal

0,003

K

Extrato de malte

0,010

K

Cacau em pó

0,005

K

Bicarbonato de sódio

0,005

K

Bicarbonato de amônia

0,005

K

Fermento químico em pó

0,145

K

Margarina

0,145

K

Açúcar

0,080

K

Ovos

0,025

K

Mel

C T P o s i t i v o

G a s t r o n o m i a

B a s e s d e P a n i f i c a ç ã o

Página 29

0,001

L

Essência de baunilha

0,001

L

Essência de amêndoas

Finalização

   

0,300

K

Doce de leite

0,500

K

Chocolate fracionado nestlé

Modo de preparo

Em uma tigela colocar a margarina, amassar até ficar cremosa e depois adicionar o açúcar. Fazer um creme com a margarina e o açúcar, batendo rapidamente com a ajuda de uma espátula de silicone. Juntar os ovos batidos mexendo sempre para que sejam incorporados completamente. Em seguida, incorporar todos os ingredientes secos. Sovar a massa para unir bem todos os ingredientes. Depois de obtida uma massa uniforme e lisa, enfarinhar a superfície superior e depois a inferior da massa, para evitar que grude no rolo. Esticar a massa com 5 mm de espessura, cuidando para que não grude na mesa de trabalho. Para isso é fundamental ir movendo a massa à medida que esta é aberta, polvilhando mais farinha a cada movimento. Cortar discos de 6 cm de diâmetro com um cortador e acomodá-los sobre uma assadeira forrada com papel siliconado antiaderente. Assar a 200°C, por cerca de 10 minutos. Ao retirar do forno, é fundamental que os alfajores estejam fofinhos no centro. Depois que os discos de massa estiverem frios, pegar um deles e colocar uma boa quantidade de doce de leite, cuidando para que o lado mais irregular fique voltado para a parte interna do alfajor.

Anotações:

É muito importante a incorporação lenta dos ovos ao creme de margarina e açúcar, pois, se todos os ovos forem colocados de uma única vez, a mistura vai se separar, ficando quebradiça. Além disso, é fundamental que os ovos estejam na mesma temperatura.

3.

Petit Fours - massa seca cortada

Quantidades

Unidades

ingredientes

0,150

K

Farinha de trigo

1

Unidade

Gema de ovo

0,100

K

Manteiga sem sal - gelada

Qb

 

Raspas de limão

0,050

K

Açúcar

1

Pitada

Sal

Sabor chocolate

   

0,050

K

Cacau em pó diminuir da quantidade de farinha

C T P o s i t i v o

G a s t r o n o m i a

B a s e s d e P a n i f i c a ç ã o

Página 30

Modo de preparo

Peneirar a farinha e o sal. Juntar a manteiga cortada em cubos e trabalhar com as pontas dos dedos, até conseguir uma textura arenosa. Acrescentar a gema e o açúcar e amassar até a massa ficar firme. Levar para refrigeração protegida por um plástico, por 30 minutos. Trabalhar a massa fria antes de abri-la. Abrir a massa na espessura desejada, dar o formato e arrumar em um tabuleiro (forma retangular). Assar em forno 180°C.

4.

Petit Fours - massa seca cremosa

Quantidades

Unidades

ingredientes

0,225

K

Farinha de trigo

0,025

K

Amido de milho

0,035

L

Agua quente

0,075

K

Açúcar confeiteiro

0,190

K

Manteiga sem sal

Decoração

   

0,070

K

Chocolate fracionado

0,050

K

Damasco

Modo de preparo

Preparar a massa pelo método crémage. Colocar a massa em um saco de confeitar com bico decorado e fazer os formatos desejados em uma assadeira untada com manteiga. Decorar ou não e levar para assar em forno 180°C. Depois de assados podem ser decorado com chocolate.

5. Panqueca americana

Quantidades

Unidade Medida

Ingredientes

Porcentagem

1

Colher sopa

Fermento químico

 

1

uni

ovo

 

1

xícara

leite

 

1

xícara

Farinha de trigo

 

2

Colher sopa

açúcar

 

1

Colher chá

Essência de baunilha

 

Decoração

     
   

mel

 
   

Amêndoas laminadas

 
   

Sorvete de creme

 

Opcional: adicionar 2 bananas picadas à massa

 

Modo de preparo

1. Misturar todos os ingredientes com um fouet

C T P o s i t i v o

G a s t r o n o m i a

B a s e s d e P a n i f i c a ç ã o

Página 31

2. Untar uma frigideira antiaderente com manteiga e colocar uma concha da massa.

3. Assim que dourar virar a panqueca até dourar do outro lado

4. Retirar da panela e servir com mel , sorvete e amêndoas.

 

6.

Pão de Cebola

Quantidade

Unidade

 

Ingredientes

Porcentagem

Medida

 
 

Gramas

Farinha de Trigo

100%

 

Gramas

 

Melhorador

1%

 

Gramas

 

Leite em pó

2%

 

Gramas

 

Açúcar refinado

4%

 

Gramas

Fermento Biológico Seco

1,5%

 

Gramas

Cebola picada e caramelizada

40%

 

Gramas

 

Água

33%

 

Gramas

 

Sal Refinado

2%

 

Gramas

Manteiga Integral sem sal

10%

   

Manteiga em cubos para topo

 

Modo de Preparo:

Colocar na masseira os ingredientes na seguinte ordem

1. Farinha de trigo

2. Açúcar

3. Melhorador

4. Leite em pó

Misturá-los por 1 minuto. Na sequencia adicionar a cebola e parte da água e misturar por mais 1 minuto. Adicionar o fermento e quase toda a agua, misturar por 2 minutos, e por último acrescentar o sal e misturar por mais 2 minutos ou até atingir o ponto de véu. Retirar a massa, porcionar em 50 gramas, bolear e deixar descansar por aproximadamente 30 minutos. Por último, modelar com cortes de tesoura, acondicionar em formas untadas e levar para fermentar por 30 minutos. Dispor cubos de manteiga gelada no topo e levar ao forno por 10 minutos a 170C com inserção de 4 x vapores.

REFERENCIAS

SEBESS, Paulo. Técnicas de padaria profissional. Tradução: Renato Freire. Rio de Janeiro: SENAC, 2010.

WRIGHT, Jeni & TREUILLE, Eric. Le Cordon Bleu: Todas as Técnicas Culinárias.

C T P o s i t i v o

G a s t r o n o m i a

B a s e s d e P a n i f i c a ç ã o

Página 32

Tradução: Eleonora Bottmann e Vera Caputo. São Paulo: Ampub, 2002

CANELA- RAWLS, Sandra. Pão: arte e ciência. Editora SENAC, São Paulo,2005.

C T P o s i t i v o

G a s t r o n o m i a

B a s e s d e P a n i f i c a ç ã o

Página 33