Sei sulla pagina 1di 14
Círculo Iniciático de Hermes LIBER DCLXXI VEL PYRAMIDOS 1 Um Ritual de Auto-Iniciação baseado na

Círculo Iniciático de Hermes

LIBER DCLXXI VEL PYRAMIDOS 1

Um Ritual de Auto-Iniciação baseado na Fórmula de Neophyto

Tradução: Soror Amarantte Notas: Frater Goya

0. A Construção da Pirâmide

O Mago com o Bastão. No Altar estão o incenso, a chama, o pão, o vinho, a corrente, o chicote, a adaga e o óleo. Na mão esquerda o sino que é tocado:

Salve! Asi! Salve, Hoor-Apep! Deixem O Discurso do Silêncio ser gerado 2

Dois toques de sino. Dança Espiral de Banimento: 3

As Palavras contra o Filho da Noite 4

1 AGORA por fim tu estás preparado para confrontar a Pirâmide, quando estás estabelecido como uma Esfinge. Pois a Pirâmide também tem a Base quadrada de Lei, e os Quatro Triângulos de Luz, Vida, Amor e Liberdade para seus Lados, que se encontram em uma Ponta de Perfeição que é Hadit, pousado para o Beijo de Nuit. Mas nesta Pirâmide não existe Diferença entre os Lados quanto a forma, como existe em tua Esfinge; pois eles são completamente Um, salvo em Direção. Tu és pois uma Harmonia dos Quatro em Virtude de tua Consecução do Adeptado, a Coroa da tua Hombridade; mas não uma Identidade, como na Divindade. Portanto pode ser dito de um Ponto de Vista que tua Consecução é apenas uma Preparação; um Adereçamento da Noiva para o Templo de Hymen, e para o Rito deste. Em verdade, ó meu Filho, Eu creio em minha Sabedoria que este inteiro Trabalho de Teu Desenvolvimento como Esfinge precede o Trabalho de Teurgia; pois o Senhor não desce sobre um Templo mal-concebido, e mal-construído, nem permanece em um Sacrário indigno. Executa portanto esta Tarefa em Paciência, com Assiduidade, sem te apressares furiosamente em direção à Divindade. Pois isto é certíssimo que a Beleza de uma Donzela atrai o Ardor de seu Senhor, espontaneamente, e sem Esforço ou Apelo por parte dela. Liber Aleph. “O Magista deve construir tudo que ele tem em sua pirâmide; e se aquela pirâmide deve tocar as estrelas, quão ampla deve ser a base. Não existe nenhum conhecimento ou poder que seja inútil ao Magista. Diríamos quase que Não há nada no Universo inteiro que ele possa dispensar. Seu ultmial inimigo é o Grande Magista, o Magista que criou a Ilusão toda do Universo; e para encontrá-lo em combate, de forma que nada reste nem dele nem de você, você deve ser exatamente o seu igual. Ao mesmo tempo, o Magista não deve nunca esquecer que todo tijolo deve tender na direção do píncaro da pirâmide – os lados dela devem ser perfeitamente lisos; não deve haver nenhum falso píncaro, nem mesmo nos níveis mais baixos. Esta é a forma ativa e prática daquela obrigação de um Mestre do Templo na qual é dito: “Eu interpretarei todo fenômeno como um trato entre Deus e a minha alma. Binah, além disso, é a Lua; e o bojo desta taça é da forma da Lua. Esta Lua é o Caminho de Gimel, através do qual a influência da Coroa desce sobre o Sol de Tiphareth. E isto está baseado sobre a Pirâmide de Fogo que simboliza a aspiração do estudante”. – Magick, in Theory and Practice. Part II, Chap. VI. Ainda sobre a pirâmide, vale à pena lembrar do simbolismo original das pirâmides, que começaram simplesmente como uma representação da escada. A importância disso está no fato de Osíris Ter subido numa escada para encontrar Amon-Rá e adquirir a imortalidade. Mais tarde, as pirâmides ainda serviram como representação terrestre do mapa celeste. Recentemente se descobriu que certos conjuntos de pirâmides representavam constelações como a de Órion por exemplo, cujo cinturão representa as famosas 3 Marias (são as pirâmides de Quéops, Kefren e Miquerinos). Aqui poderíamos ainda estabelecer um paralelo com Nuit e seu corpo estrelado, e assim por diante. – Frater Goya

2 Ísis=Asi. No original do ritual, Asi. Hoor-Apep seria a dualidade Hórus-Seth, onde Apep é Apophis, o destruidor. São as forças criativas e destrutivas do Universo.

3 Ou circunvolucionar no sentido inverso do sol, isto é, no sentido anti-horário.

4 O filho da Noite é a criança mencionada em Liber Al Vel Legis.

1

Círculo Iniciático de Hermes Tahuti 5 se pronunciou na Luz. Conhecimento e Poder, Guerreiros gêmeos,

Círculo Iniciático de Hermes

Tahuti 5 se pronunciou na Luz. Conhecimento e Poder, Guerreiros gêmeos, estremecem

O Invisível; Eles rodeiam separados

A Escuridão; A Matéria brilha, uma Serpente.

Sebek é atingido pelo Trovão-

A Luz irrompeu debaixo para cima. 6

Desloque-se para o Oeste, no Centro da Base do Triângulo 7 de Thoth (Mem), Asi(Aleph), e Hoor (Shin): 8

Ó Tu, Ápice do Plano,

com Cabeça de Íbis e Bastão de Fênix E Asas da Noite! Cujas Serpentes constringem Seus Corpos, delimitando o Além.

Tu na Luz e na Noite És Um, sobre o poder Deles!

Deixar o Bastão, etc., sobre o Altar, usar o chicote em suas nádegas, cortar uma cruz com a adaga sobre seu peito e prender a corrente do sino perto de sua testa, dizendo: 9

A Água Lustral! Libera tua Torrente

Através de mim - Linfa, Osso e Sangue!

Banhando as feridas, diga:

A Instrução do Fogo! Deixem o Óleo 10

Julgar, condenar, absolver!

A Dança Espiral de Invocação:

Então a Vida retira Fogo da Morte, e corre Rodopiando entre os Sóis. Ave, Asi! Siga o Caminho, agarre-se

À cinta daquela que é Estrelada! 11

Sinal do Entrante: Homenagem a Ti, Senhor da Palavra!

5 Tahuti ou Thoth/Hermes/Mercúrio. A luz da sabedoria, que fala a verdade sobre o Aspirante. Traz a ordália de Nefesh e a aflição de Binah refletida até Malkut.

6 Refere-se a renovação da energia dedicada à Grande Obra, e o Aspirante ganha energia para persistir na Obra. 7 Tudo isto eles afirmam; e afirmando a base triangular da Pirâmide, descobrem que misteriosamente afirmam o Ápice, cujo nome é Êxtase. – John St. John.

8 Thoth está no Leste, como a sabedoria resultante da transcendência dos Opostos. Asi e Hoor formam a base do Triângulo. Hoor e Asi são a morte e a vida, respectivamente, e evocam a Palavra Divina. Thoth (Mem) = Água; Asi (Aleph) = Ar; Hoor (Shin) = Fogo.

9 O chicote é a motivação para levar o animal a se mover, possuindo uma correlação com o Súlfur Alquímico. A corrente é a continuidade intelectual ficada na Obra, o Sal Alquímico. A adaga é usada para equilibrar as emoções e é o Mercúrio Alquímico. A água lustral castigada pelo fluxo. É ela que transmuta o grosseiro no refinado.

10 Refere-se as qualidades do Óleo Santo, de fazer a renovação do corpo e da mente.

11 O equilíbrio estabelecido pelo fogo, de morte à vida. A transformação da Ordália em Benção. O Estreitamento dos laços em direção a Nuit.

2

Círculo Iniciático de Hermes Sinal do Silêncio: Senhor do Silêncio, Homenagem a Ti! Repetir ambos

Círculo Iniciático de Hermes

Sinal do Silêncio: Senhor do Silêncio, Homenagem a Ti!

Repetir ambos os Sinais: Senhor, nós te adoramos, calmo e inflamado Além do Infinito.

A Palavra Secreta: [MTzThBTzM em hebraico] = 271 (Azul, Laranja, Amarelo

esverdeado, Amarelo, Laranja, Azul).

Do Silêncio do Bastão

Para a Fala da Espada,

E de volta para o Além,

Esta é a Labuta e a Recompensa. Este é o Caminho de [HVA em hebraico] - Ho!

Este é o Caminho de [IAO em grego] 12 .

Toca o sino.

Salve Asi! Salve, Tu Roda com Bastão! Alfa e Delta se beijaram e vieram Por Cinco 13 que alimentam a Chama.

Toca o sino.

Salve, Hoor-Apep! Tu Espada de Aço! Alfa e Delta e Epsilon 14 Encontraram-se na Sombra do Pilar

E em Iota 15 proclamaram

Aquele centro décuplo e a coroa de chamas. Salve, Hoor-Apep! Nome Pronunciado!

Assim está corretamente construída a Grande Pirâmide.

12 DE NATURA - Primeiramente, esta Esfinge é um Símbolo do Coito de Nossa Senhora BABALON comigo A BESTA em sua Compleição. Pois tal como Eu sou do Leão e do Dragão, assim é Ela do Homem e do Touro, em nossas Naturezas; mas o Oposto disso em nossos Cargos, como tu podes compreender pelo Estudo do Livro da Visão e da Voz. A Esfinge é pois um Glifo da Satisfação e Perfeição da Vontade e da Obra, da Compleição do Verdadeiro Homem como o Reconciliador do Mais Alto com o Mais Baixo, por assim dizer. Este então é o Adepto: que Quer com sólida Energia como o Touro, Ousa com Coragem impetuosa como o Leão, Sabe com Inteligência rápida como o Homem, e Mantém Silêncio com crescente Sutileza como a Águia ou Dragão. Além disto, esta Esfinge é um Eidolon da Lei, pois o Touro é Vida, o Leão é Luz, o Homem é Liberdade, a Serpente é Amor. Agora, esta Esfinge, sendo perfeita em verdadeiro Equilíbrio, no entanto toma o Aspecto do Princípio Feminino, para que possa ser Parceira da Pirâmide, que é o Falo, pura Imagem de Nosso Pai o Sol, a Unidade criadora. O Significado deste Mistério é que o Adepto deve ser completo. Ele Mesmo, contendo todas as Coisas em verdadeira Proporção, antes que Ele se faça a Noiva do Universo Uno Transcendental, em sua mais Secreta Virtude. E agora portanto, ó meu Filho, que compreendes este Mistério por tua Inteligência, Eu te escreverei mais destas Quatro Bestas ou Poderes. – Liber Aleph Vel CXI, o Livro da Sabedoria ou da Tolice.

13 Cinco. 1+4=5. Cinco é Ra-Hoor-Khuit, o lado ativo de Hórus e do Movimento em geral. Cinco é Heh, a Estrela. A ‘Chama’ parece referir-se a Hórus, e também ao Rubi Estrela.

14 Refere-se a técnicas usadas em Magia Sexual.

15 Iota é Yod, o Eremita e o Espermatozoon, cujo valor é 10. Nessas linhas há uma saudação às forças envolvidas na iniciação, onde o Aspirante reúne as energias necessárias ao trabalho mágico.

3

Círculo Iniciático de Hermes 1. Iniciação. O Candidato parado, amarrado e vendado: 1 6 O

Círculo Iniciático de Hermes

1. Iniciação. O Candidato parado, amarrado e vendado: 16

O Primeiro Pilar 17

Eu não sei Quem eu sou; Eu não sei de Onde eu vim; Eu não sei Para Onde eu vou; Eu busco – mas O Que eu não sei! 18 Eu estou cego e preso; mas eu escutei alguém Chamar Circule através da Eternidade; Levante-se e Me siga! 19 Osíris Un-nefer! 20 Eu invoco.

O Horror Quádruplo da Fumaça. 21

Liberte-se da Cova! Pela temível Palavra de Poder – que Set-Tífon ouviu - SAZAZ SAZAZ ANDATSAN SAZAZ* 22

*(Pronunciar de trás para frente. Porém, é muito perigoso. Abre os Portões do Inferno)

O

Medo da Escuridão e da Morte.

O

Medo da Água e do Fogo.

O

Medo do Abismo e dos Grilhões.

O

Medo do Inferno e do Hálito da morte.

O

Medo Dele, a ameaça do Demônio 23

Que no Umbral de Inana 24 Eleva-se com Seu Dragão Medo para abater

O Peregrino do Caminho.

Assim eu passo com Força e Cuidado, Avanço com Fortitude e Perspicácia, No Caminho da retidão, senão as suas Armadilhas Seriam certamente Infinitas.

A Passagem do Segundo Pilar (Troque os movimentos pelas palavras.):

Osíris! Quem se agarra a minha Garganta? Quem me segura? Quem apunhala meu Coração? 25 Eu não estou qualificado para passar por

16 Estar vendado e amarrado indica, entre outras coisas, o fato do Aspirante não poder agir conforme sua própria vontade, sendo conduzido.

17 O primeiro pilar representa o início do processo iniciático em si.

18 Essa passagem demonstra a fugacidade e a futilidade da mente ainda não iniciada. Percebe-se o caminhar perdido, a vida sem sentido. 19 Aqui pode-se ver o apelo ou chamado à iniciação. Um convite à entrar na Pirâmide.

20 O termo Un-Nefer, quer dizer Triunfante. Esse termo refere-se àquele que foi vitorioso na Sala da Dupla Maat, ou do Julgamento da Alma. Crowley pretendia, ao usar esse termo, representar a busca pelo SAG, a idéia de Tiphareth.

21 Aqui começa o confronto entre o Aspirante e os Quatro Príncipes Maléficos, e provavelmente se refere também aos quatro testes aos quais será submetido o Aspirante. A evocação da palavra de poder, irá atrair essas ordálias ao Aspirante.

22 Abrir os Portões do Inferno, ou melhor dizendo, mundo inferior, pode estar se referindo à Casa de Hadit, o Khabs, a natureza mais interna de alguém, a Estrela. Ou seja, é a abertura que conduz ao centro de si mesmo.

23 São os medos do Aspirante que busca coragem para enfrentá-los.

24 Inana/Ishtar: deusa suméria do amor e da guerra, consorte de Dumuzi.

25 O conflito entre o Eu Superior e Inferior do próprio Aspirante. O coração é Tiphareth que é a Sephirah desejada pelo Candidato.

4

Círculo Iniciático de Hermes Este Pilar da Sala de Maat. 2 6 O Medo da

Círculo Iniciático de Hermes

Este Pilar da Sala de Maat. 26

O

Medo da Escuridão e da Morte.

O

Medo da Água e do Fogo.

O

Medo do Abismo e dos Grilhões.

O

Medo do Inferno e do Hálito da morte.

O

Medo Dele, a ameaça do Demônio

Que no Umbral de Inana

Eleva-se com Seu Dragão Medo para abater

O Peregrino do Caminho.

Assim eu passo com Força e Cuidado, Avanço com Fortitude e Perspicácia, No Caminho da retidão, senão as suas Armadilhas Seriam certamente Infinitas.

A Água Lustral! Deixa tua Torrente 27 Purificar-me - Linfa, Ossos, e Sangue!

O Chicote, a Adaga e a Corrente

Purgue o Corpo, Peito e Cérebro!

A Instrução do Fogo! Deixem o Óleo

Julgar, condenar, absolver!

Imóvel, na postura de um defunto: 28

Porque eu vim com toda esta Dor, Pedir Admissão para o Santuário. Eu não sei o porquê – eu peço em vão- 29

A não ser que eu já seja Teu.

Sou Mentu seu Irmão verdadeiro,

Que era Mestre de Tebas desde de meu Nascimento: -

Ó Meu Coração! Coração de minha Mãe! 30

Ó Coração que eu tive na Terra!

Não te levantes contra mim como uma Testemunha!

Não te oponhas a mim, Juíz, em minha Busca! Não me acuses agora de Não-Qualificado Ante ao grande Deus, o temível Senhor do Oeste!

(Modifique esta parte para o seu próprio motto. Reproduza o ritmo do poema corretamente.): 31

26 Para que se saia vitorioso da Sala da Dupla Maat, é necessário que o Candidato seja honesto consigo mesmo. Egoísmo aqui, é sinal de fracasso na prova. É preciso aprender mais sobre si mesmo e sobre as próprias fraquezas que devem ser admitidas e superadas.

27 O desenvolvimento do Processo Alquímico iniciado durante a cosntrução da pirâmide. É a purificação antes que a iniciação avance.

28 Sinal de Osíris Assassinado.

29 O Aspirante deseja a iniciação, mas não sabe o por quê.

30 Referência ao Livro Egípcio dos Mortos, do Papiro de Ani, nº10.470. O texto original diz: “Meu coração minha mãe, meu coração minha mãe, meu coração meu nascimento. Que nada me resista no meu julgamento”. E segue mais adiante com a cena da pesagem do coração do falecido. 31 Usa-se o Motto e não o nome profano, como que representando este motto o símbolo de suas altas aspirações.

5

Círculo Iniciático de Hermes Fale Palavras justas para [OU MH em grego]. Que ele tenha

Círculo Iniciático de Hermes

Fale Palavras justas para [OU MH em grego]. Que ele tenha sucesso no Lugar da Pesagem dos Corações Pelo Pântano do Morto, onde os Crocodilos alimentam Suas Vidas no Perdido, onde a Serpente prepara o seu bote. - Pois apesar de eu me unir à Terra, No mais Profundo Santuário dos Céus eu estou. Eu era Mestre de Tebas desde meu Nascimento; Devo eu morrer como um Cão? Tu não deves me deixar morrer, Mas o meu Khu que os Dentes dos Crocodilos perfuram Deve ser Poderoso nos Céus para sempre e sempre! Sim! Senão eu sou um Tolo, um Agitador! Eu estou sob a Sombra das Asas!

(Refrão "Eu estou sob", etc., após cada Acusação):

Eu sou um Mentiroso e um Feiticeiro. Eu estou sob a Sombra das Asas! Eu sou tão inconstante que eu desprezo as Rédeas. Eu estou sob a Sombra das Asas! Eu sou incasto, voluptuoso e indolente. Eu estou sob a Sombra das Asas! Eu sou um Opressor e um Tirano crasso, Eu estou sob a Sombra das Asas! Eu sou estúpido e teimoso como um Asno; Eu estou sob a Sombra das Asas! Eu sou traiçoeiro, cruel e insano, Eu estou sob a Sombra das Asas! Eu sou um Tolo e frívolo e vaidoso. Eu estou sob a Sombra das Asas! Eu sou um Fracote e um Covarde; eu fujo, Eu estou sob a Sombra das Asas! Eu sou um Catamita 32 e faço Cunilingüe. Eu estou sob a Sombra das Asas! Eu sou um Glutão, uma Criatura obcecada; Eu estou sob a Sombra das Asas! Eu sou um Sátiro e um Sodomita. Eu estou sob a Sombra das Asas! Eu sou mutável e egoísta como o Mar. Eu estou sob a Sombra das Asas! Eu sou uma Coisa de vício e vaidade. Eu estou sob a Sombra das Asas! Eu sou muito violento e vacilante, Eu estou sob a Sombra das Asas! Eu sou um Homem cego e emasculado. Eu estou sob a Sombra das Asas! Eu sou um Fogo de Cólera violento- isto é certo!

32 Menino ou rapaz que, por coação ou espontaneamente, pratica atos homossexuais, geralmente com adultos. As muitas referências a catamitas na literatura erótica do apogeu muçulmano indicam que, por volta dos séculos X e XI, eles constituíam uma forma de requinte sexual nas classes altas do islã. O livro “Jardim dos Perfumes”, de Sheikh Nefzawi, dedica um capítulo aos catamitas.

6

Círculo Iniciático de Hermes Eu estou sob a Sombra das Asas! Eu sou um Patife,

Círculo Iniciático de Hermes

Eu estou sob a Sombra das Asas! Eu sou um Patife, um Esbanjador e um Avarento. Eu estou sob a Sombra das Asas! Eu sou obscuro e tortuoso e nulo. Eu estou sob a Sombra das Asas! Eu sou mesquinho e vil e obtuso. Eu estou sob a Sombra das Asas! Eu não estou marcado com a Chama branca do Hálito. Eu estou sob a Sombra das Asas! Eu sou um Traidor! – tenha a morte do Traidor! 33

Após esta última frase o Candidato se põe de pé. Invocando a Dança Espiral. Rubrica igual a anterior:

Eu estou sob a Sombra das Asas! Agora deixe-me seguir o Caminho, agarrando-se

À cinta daquela que é Estrelada!, 34

Osíris! Quem se agarra a minha Garganta?

Quem me segura? Quem apunhala meu Coração? Eu não estou qualificado para passar por Este Pilar da Sala de Maat.

O

Medo da Escuridão e da Morte.

O

Medo da Água e do Fogo.

O

Medo do Abismo e dos Grilhões.

O

Medo do Inferno e do Hálito da morte.

O

Medo Dele, a ameaça do Demônio

Que no Umbral de Inana Eleva-se com Seu Dragão Medo para abater

O Peregrino do Caminho.

Assim eu passo com Força e Cuidado,

Avanço com Fortitude e Perspicácia, No Caminho da retidão, senão as suas Armadilhas Seriam certamente Infinitas. A Água Lustral! Deixa tua Torrente Purificar-me - Linfa, Ossos, e Sangue!

O Chicote, a Adága e a Corrente

Purgue o Corpo, Peito e Cérebro!

A Instrução do Fogo! Deixem o Óleo

Julgar, condenar, absolver!

No Noroeste

33 As 22 acusações fazem um paralelo com os 22 Arcanos Maiores do Tarot, que estabelecem per se, um paralelo em linhas gerais com o ritual. Para cada frase dita, é declamado “Eu estou sob a Sombra das Asas”, evocando a imagem protetora do SAG, para desviar-se das qualidades negativas, sombrias ou demoníacas.

34 Refletindo a carta do Universo. Uma citação do Capítulo II do Liber LXV: 30. Eu vi um jovem pálido e triste deitado sobre o mármore à luz do sol, chorando. A seu lado estava o alaúde esquecido. Ah! mas ele chorava.; 31. Então veio uma águia do abismo de glória e cobriu-o com sua sombra. Tão negra era a sombra que ele ficou invisível.; 32. Mas eu ouvi o alaúde tocando vivamente através do ar azul e quieto.; 33. Ah! mensageiro do Bem-Amado, cobre-me com Tua sombra!; 34. Teu nome é Morte, talvez; ou Vergonha, ou amor. Contando que me tragas novas do Bem-Amado, não perguntarei teu nome.

7

Círculo Iniciático de Hermes Terror que domina a Alma é Teu Nome! Senhor dos Deuses!

Círculo Iniciático de Hermes

Terror que domina a Alma é Teu Nome! Senhor dos Deuses! Temível Senhor do Inferno!

Visualize Horus:

Eu vim. Eu não temo a Ti. Tua Chama

É minha para tecer meu primeiro Feitiço!

Eu conheço a Ti, e eu Te ultrapasso. Pois mais que Tu eu sou! Osíris! Quem se agarra a minha Garganta? Quem me segura? Quem apunhala meu Coração? Eu não estou qualificado para passar por Este Pilar da Sala de Maat.

O

Medo da Escuridão e da Morte.

O

Medo da Água e do Fogo.

O

Medo do Abismo e dos Grilhões.

O

Medo do Inferno e do Hálito da morte.

O

Medo Dele, a ameaça do Demônio

Que no Umbral de Inana

Eleva-se com Seu Dragão Medo para abater

O Peregrino do Caminho.

Assim eu passo com Força e Cuidado, Avanço com Fortitude e Perspicácia, No Caminho da retidão, senão as suas Armadilhas Seriam certamente Infinitas.

A Água Lustral! Deixa tua Torrente Purificar-me - Linfa, Ossos, e Sangue!

O Chicote, a Adága e a Corrente

Purgue o Corpo, Peito e Cérebro!

A Instrução do Fogo! Deixem o Óleo

Julgar, condenar, absolver!

No Sudoeste. Visualize Asi:

É triste que tenha devorado a Alma!

Dique dos Deuses! O Céu azul da Rainha! Este é Teu nome. Eu vou. Controle

E Passe! Eu conheço a ti, Senhora de Teeu!

Eu conheço a Ti, e eu Te ultrapasso. Pois mais que Tu eu sou! 35 Osíris! Quem se agarra a minha Garganta?

Quem me segura? Quem apunhala meu Coração? Eu não estou qualificado para passar por Este Pilar da Sala de Maat.

O Medo da Escuridão e da Morte.

35 Aqui existe uma mescla da carta do Sol e do Aeon, pois existem referências a Nuit (Rainha do Céu Azul), e ao Arcano XIX do Sol, no dique dos deuses. Esta passagem remete justamente ao fato de se ultrapassar essa barreira que separa o homem da divindade. E ao mesmo tempo fala do controle da Natureza? Compreendemos em várias camadas o termo, que pode referir-se tanto à Natureza em si, quanto à Natureza interna do Aspirante.

8

Círculo Iniciático de Hermes O Medo da Água e do Fogo. O Medo do Abismo

Círculo Iniciático de Hermes

O

Medo da Água e do Fogo.

O

Medo do Abismo e dos Grilhões.

O

Medo do Inferno e do Hálito da morte.

O

Medo Dele, a ameaça do Demônio

Que no Umbral de Inana Eleva-se com Seu Dragão Medo para abater

O Peregrino do Caminho.

Assim eu passo com Força e Cuidado,

Avanço com Fortitude e Perspicácia, No Caminho da retidão, senão as suas Armadilhas Seriam certamente Infinitas. A Água Lustral! Deixa tua Torrente Purificar-me - Linfa, Ossos, e Sangue!

O Chicote, a Adaga e a Corrente

Purgue o Corpo, Peito e Cérebro!

A Instrução do Fogo! Deixem o Óleo

Julgar, condenar, absolver!

No Leste. Visualize Thoth:

(Silêncio.)

Osíris! Quem se agarra a minha Garganta?

Quem me segura? Quem apunhala meu Coração? Eu não estou qualificado para passar por Este Pilar da Sala de Maat.

O

Medo da Escuridão e da Morte.

O

Medo da Água e do Fogo.

O

Medo do Abismo e dos Grilhões.

O

Medo do Inferno e do Hálito da morte.

O

Medo Dele, a ameaça do Demônio

Que no Umbral de Inana Eleva-se com Seu Dragão Medo para abater

O Peregrino do Caminho.

Assim eu passo com Força e Cuidado,

Avanço com Fortitude e Perspicácia, No Caminho da retidão, senão as suas Armadilhas Seriam certamente Infinitas. A Água Lustral! Deixa tua Torrente Purificar-me - Linfa, Ossos, e Sangue!

O Chicote, a Adága e a Corrente

Purgue o Corpo, Peito e Cérebro!

A Instrução do Fogo! Deixem o Óleo

Julgar, condenar, absolver!

Visualize a Natureza:

Eu nunca mais colocarei meus olhos sobre Ti, Pois Mortal é Teu Nome. Afaste-se! Falso Fantasma, Tu não deves passar ante

9

Círculo Iniciático de Hermes A Fronte cerrada do Sol. Eu conheço a Ti, e eu

Círculo Iniciático de Hermes

A Fronte cerrada do Sol.

Eu conheço a Ti, e eu Te ultrapasso.

Pois mais que Tu eu sou!

Formulando o Hexagrama:

Agora A Testemunha sobre a Terra, Espírito e Água e Sangue Vermelho! Testemunha no Alto, brilhante Bebê de Nascimento, Espírito, e Pai – que são Deus!

Como um bebê no ovo, nascendo: 36

Pois o Silêncio é devidamente gerado

E a Escuridão devidamente trazida para a Cama;

A Mortalha é desenhada em meu Pensamento,

A Luz Mais Profunda está em minha Cabeça.

Desamarre-se

Ataque! Eu devoro os robustos Leões. Eu!

Sinal do Entrante:

O Medo está em Seb, Neles que habitam naquele lugar,

Contemplem o Vigor radiante do Senhor!

Sinal do Silêncio

Defesa! Eu fecho a Boca de Sebek, transporto

Meu Medo no Nilo, Asar [Osíris] que não se prenda nele! Contemple minha Paz radiante, as Coisas abomináveis Para se ver! Os Deuses desataram minhas Mãos:

Asar [Osíris] permanece inatingível. Salve, Asi [Ísis], salve! Hoor-Apep brada - Agora eu o Filho do Homem levanto-me

E sigo – morto onde Asar [Osíris] repousa! 37

36 Novamente uma referência ao Arcano XX, o Aeon, onde aparece dentro da letra Shin, o bebê num ovo formado justamente pelos 3 yods que compõe a letra Shin. Também refere-se ao Liber Al Vel Legis CCXX (o Livro da Lei) Capítulo II Verso 49, onde se lê: “Eu sou o único e conquistador. Eu não sou dos escravos que perecem. Sejam eles danados e mortos! Amém. (Isto é dos 4: há um quinto e invisivel, e nisto eu estou como um bebê num ovo)”. O Bebê num ovo representa um nascimento espiritual. O Eu prestes a nascer. No tarot, um dos símbolos do Bebê do Abismo é o Arcano 0, O Louco. Esta parte do ritual marca a proximidade da obtenção do Grau de Zelator, e a proximidade também de Yesod.

37 O Aspirante viaja pela Pirâmide encontrando os elementos da existência: Vida, Morte, a Palavra, e o Silêncio. O equilíbrio dessas forças traz ao Aspirante a realização do seu Verdadeiro Eu. Nessa realização se estabelece uma dualidade permanente entre o superior/inferior, mas não mais como energias concorrentes e sim coexistentes e complementares, o que pode ser representado ainda pelo Bastão do Duplo Poder.

10

Círculo Iniciático de Hermes Deitar-se em Sinal do Enforcado: 3 8 Eu douro meu Pé

Círculo Iniciático de Hermes

Deitar-se em Sinal do Enforcado: 38

Eu douro meu Pé esquerdo com a Luz. Eu douro meu Falo com a Luz. Eu douro meu Joelho direito com a Luz. Eu douro meu Pé direito com a Luz. Eu douro meu Joelho esquerdo com a Luz. Eu douro meu Falo com a Luz. Eu douro meus Cotovelos com a Luz. Eu douro meu Umbigo com a Luz. Eu douro a Ponta do meu Coração com a Luz. Eu douro minha Garganta Negra com a Luz. Eu douro minha Fronte com a Luz. Eu douro meu Falo com a Luz. 39

Levantar-se com o sinal de Mulier: 40

Osíris Un-nefer! Eu sou Teu, Esperando Tua Glória no Santuário. Tua Noiva, Tua Virgem! Ah, meu Senhor.

Golpeia através do Espírito com Tua Espada! Osíris Un-nefer! Cresça em mim,

O Catamita escolhido de Ti!

Venha! Ah, venha agora! Eu espero, eu espero, Paciente - impaciente Escravo do Destino, Trazido por um Lance rápido de Teus olhos – Venha agora! Venha agora!

Toque e instrua esta Fronte febril. Osíris Un-nefer! No Santuário, Faze me completamente Teu!

Retira a venda 41

Eu sou Osíris – único digno De sentar-se sobre o Trono Duplo.

A

Acusação é minha, e minha Defesa.

E

eles são Um. Levante-se, portanto parta!

Pois eu sou Mestre do meu Destino, Completamente Iniciado.

A Palavra Secreta

38 A posição do Enforcado (Arc. XII) representa a mudança causada pelo ritual, do inferior no superior, e o Trabalho Alquímico ocorrido é mostrado nos versos que se seguem.

39 A Luz Espiritual tem função semelhante ao Óleo Santo, iluminando certos centros de energia do corpo mágico do Aspirante. As cinco primeiras linhas formam a Cruz, onde as linhas remanescentes parecem iluminar os chacras.

40 O sinal de Mulier representa a idéia da Virgem que espera o intercurso com o ser amado. No caso, é um desejo do aspirante de buscar a comunhão com a divindade, através da junção dos opostos. Uma busca da plenitude, de sentir-se completo, e para ser completo, somente através dessa união.

41 A partir desse momento, o aspirante pode enxergar a realidade como ela realmente é. A retirada da venda, dá acesso ao candidato para que ele tenha a visão do SAG. No entanto, convém sempre lembrar que o objetivo último é a visão e a Conversação. Como exemplo, podemos dizer, que ver alguém na rua, é a mesma coisa que falar com essa pessoa? Obviamente que não. Sendo assim, existe a necessidade de um encontro, e não apenas ver na distância.

11

Círculo Iniciático de Hermes [MTzThBTzM em hebraico] As Palavras estão devidamente faladas. As Ações estão

Círculo Iniciático de Hermes

[MTzThBTzM em hebraico]

As Palavras estão devidamente faladas. As Ações estão devidamente realizadas. Minha Alma nasceu novamente para cumprimentar o Sol que se levanta. 42

Tocar o sino de acordo com:

Um! Quatro! Cinco! Salve! Todos Saúdem! Salve! Um! Quatro! Cinco! Dez! Todos Saúdem! Salve! 43

Fazer os gestos de acordo com:

Eu dou o Sinal que rasga o Véu.

O Sinal que fecha o Véu.

2. A Selagem da Pirâmide

O

Mago com o Bastão. No Altar estão o incenso, a chama, o pão, o vinho, a corrente,

o

chicote, a adaga e o óleo. Na sua mão esquerda o sino que é tocado:

Salve! Asi! Salve, Hoor-Apep! Deixem

O Discurso do Silêncio ser gerado!

Dois toques de sino. Dança Espiral de Banimento:

As Palavras contra o Filho da Noite Tahuti se pronunciou na Luz.

Conhecimento e Poder, Guerreiros gêmeos, estremecem

O Invisível; Eles rodeiam separados

A Escuridão; A Matéria brilha, uma Serpente.

Sebek é atingido pelo Trovão-

A Luz irrompeu debaixo para cima. 44

Desloque-se pra o oeste, no centro da base do triângulo de Thoth (Mem), Asi(Aleph), e Hoor (Shin):

Ó Tu, Ápice do Plano,

com Cabeça de Íbis e Bastão de Fênix

42 O Verbo aqui serve de condutor para a realização e aponta para Tipareth. Devemos aqui apelar para a relação (Sol, Alma, Filho = / Sun/Soul/Son). É onde o Aspirante tem contato com a Aurora Dourada, conforme é dito nos antigos Manifestos Rosacruzes, de 1614. “Como um prelúdio ao que sucederá mais adiante, haverá agora uma reforma geral, tanto de coisas divinas como humanas, conforme desejamos, e outros esperam. Pois, é natural que, antes do nascer do Sol, surja a AURORA, ou alguma claridade, ou divina luz, no Céu; e, entretanto, alguns, que darão seus nomes, se reunirão para aumentar o número e o respeito de nossa FRATERNIDADE” – Fama Fraternitatis.

43 1+4=5; 5+5=10. Pela Árvore da Vida = Kether, Chesed, Geburah, Malkuth. Pela geometria sagrada: o ponto, o quadrado, o pentagrama e o círculo com um ponto dentro. Pelo Tarot: o Mago(I), o Imperador (IV), a Estrela (XVII), e o Eremita (IX).

44 O último verso declara que houve sucesso no ritual e a luz subiu pela Árvore da Vida.

12

Círculo Iniciático de Hermes E Asas da Noite! Cujas Serpentes constringem Seus Corpos, delimitando o

Círculo Iniciático de Hermes

E Asas da Noite! Cujas Serpentes constringem Seus Corpos, delimitando o Além. Tu na Luz e na Noite És Um, sobre o poder Deles!

Deixar o Bastão, etc., sobre o Altar, usa o chicote em suas nádegas, corta uma cruz com a adaga sobre seu peito e prende a corrente do sino perto de sua testa, dizendo:

A Água Lustral! Libera tua Torrente

Através de mim - Linfa, Osso e Sangue!

A Instrução do Fogo! Deixem o Óleo

Julgar, condenar, absolver!

A Dança Espiral de Invocação:

Então a Vida retira Fogo da Morte, e corre Rodopiando entre os Sóis.

A Dança Espiral de Banimento:

Agora permita que minhas Mãos desatem a doce

e brilhante Cinta de Nuit!

As Adorações e a Palavra.

Homenagem a Ti, Senhor da Palavra!! Senhor do Silêncio, Homenagem a Ti! Senhor, nós te adoramos, calmo e inflamado Além do Infinito.

[MTzThBTzM em hebraico]

Contemplem! Aquele que é Perfeito disse Estes são os Elementos do meu corpo

O

Sinal do Entrante:

O

Sinal do Silêncio:

Repetir os dois Sinais:

A Palavra Secreta:

Então no Altar:

Fazer gestos de acordo com:

Incenso e Vinho e Fogo e Pão Experimentados e considerados puros, um Espólio dourado.

13

Círculo Iniciático de Hermes Eles eu consumo, verdadeiros Sacramentos, Para a Perfeição do Óleo -

Círculo Iniciático de Hermes

Eles eu consumo, verdadeiros Sacramentos, Para a Perfeição do Óleo

-

Pois eu estou vestido com a Carne

E

eu sou Eterno Espírito.

Eu sou o Senhor que se ergueu revigorado Da Morte, cuja Glória eu herdei Desde que compartilhei com Ele. Eu sou O Manifestador do Invisível. Sem mim toda a Terra de Khem

É como se nunca tivesse existido. 45

Proceder como na parte final da Construção da Pirâmide:

Do Silêncio do Bastão

Para a Fala da Espada,

E de volta para o Além,

Esta é a Labuta e a Recompensa. Este é o Caminho de [HVA em hebraico] - Ho! Este é o Caminho de [IAO em grego].

Tocar o Sino

Salve Asi! Salve, Tu Roda com Bastão! Alfa e Delta se beijaram e vieram Por Cinco que alimentam a Chama. Salve, Hoor-Apep! Tu Espada de Aço!

Tocar o Sino

Alfa e Delta e Epsilon

Encontraram-se na Sombra do Pilar

E em Iota proclamaram

Aquele centro décuplo e a coroa de chamas. Salve, Hoor-Apep! Nome Não-Falado!

Salve, Hoor! Salve, Asi! Salve, Tahuti! Salve, Asar Un-nefer! Através do Véu rasgado. Eu sou Vós, com todo Vosso Brilho enfeitado - Khabs-Am-Pekht.

45 Os sacramentos são consumidos como energia espiritual. Vemos aqui a harmonização dos quatro elementos e do espírito.

14

Interessi correlati