Sei sulla pagina 1di 3
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA ESCOLA DE MÚSICA DEPARTAMENTO DE MÚSICA APLICADA PLANO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA ESCOLA DE MÚSICA DEPARTAMENTO DE MÚSICA APLICADA

PLANO DE CURSO Disciplina: PIANO I Código: MUSC37 Professor: Eduardo Conde Garcia Carga horária: 17
PLANO DE CURSO
Disciplina:
PIANO I
Código: MUSC37
Professor:
Eduardo Conde Garcia
Carga horária: 17 h/a
Website:
http://www.condegarcia.com.br
email: eduardo@condegarcia.com.br
Período: 2012/1
Pré-Requisito: ---------------
Curso: Instrumento
Data da Aprovação:
Ementa: Visa o domínio do instrumento através do estudo de técnica avançada, bem como a execução de
obras dos vários períodos da literatura pianística. Participação em audições, recitais, concertos, seminários e
prática de conjunto.
1.
Objetivo(s):
Geral
Lapidar a técnica pianística, através de estudos selecionados, direcionada à produção
sonora, bem como a interpretação, por meio de peças do repertório erudito, de estilos variados.
Específicos
∑ Desenvolver técnica, leitura e interpretação, entre outras habilidades;
∑ Desenvolver repertório de estilos diversos;
∑ Explorar o colorido sonoro;
2. Conteúdo Programático:
Programa mínimo de 20 minutos de duração a ser definido na primeira semana de
aulas entre aluno e professor. Dois estudos, uma sonata clássica e uma obra romântica devem
fazer parte deste programa. Todas as peças devem ser decoradas, com exceção dos estudos.
3. Metodologia:

Esta disciplina será ministrada em aulas presenciais individuais. Prioridade será dada ao desenvolvimento da técnica instrumental através de estudos selecionados, bem como ao estudo de obras do repertório pianístico erudito, abrangendo estilos diversos.

4. Dedicação Extra-Classe:

Espera-se dedicação mínima de quatro horas diárias de estudo para esta disciplina.

5. Frequência:

O comparecimento às aulas é obrigatório. Um mínimo de 75% de freqüência é exigido. Sendo 17 horas-aula semestrais, tolerar-se-ão 4 faltas (5 faltas implicam na reprovação automática por falta). A média de conceito será diminuída de 0,7 ponto (escala de 0 a 10) por falta a partir da 2ª falta. Aos alunos que estiverem presentes em todas as aulas, será dado um bônus de 1,0 ponto (escala de 0 a 10) à média de conceito.

6. Sistema de avaliação:

6.1. A avaliação deste curso será baseada em uma média ponderada dos seguintes itens: 6.1.1.
6.1. A avaliação deste curso será baseada em uma média ponderada dos seguintes itens:
6.1.1.
Conceito (baseada na dedicação e no progresso do aluno durante o semestre) —
será adotada a auto-avaliação, onde uma nota de 1 a 5 será dada pelo(a) aluno(a) a
cada aula semanal pelo seu progresso. O professor poderá interferir quando
necessário. Ao final do semestre letivo, as notas serão somadas e será tirada uma
média, que será a nota de conceito.
6.1.2.
Testes pontuais em sala de aula
Teste No. 1 (03-04/05) – apresentação de metade do programa mínimo em
andamento lento. As peças não precisam estar decoradas.
Teste No. 2 (28-29/06) – o(a) aluno(a) deverá apresentar todas as peças ou
movimentos (incluindo estudos) do programa mínimo, contando com aquelas
apresentadas no teste nº 1, no andamento. Todas as peças devem estar
decoradas, com exceção dos estudos. Apresentação perante banca
examinadora.
6.2. Cada teste será avaliado tomando-se por base a execução prática do repertório, no que diz
respeito a preparo/continuidade, fraseado/dinâmicas e segurança técnica/ritmo. Será dada
uma nota de 1 a 5 para cada item. Nenhuma nota poderá ser maior que a de
preparo/continuidade.
6.3. A definição do peso percentual de cada teste e da nota de conceito fica assim descrita:
Nota de conceito
─ 40%
Teste No. 1
─ 25%
Teste No. 2
─ 35%
6.4. Bônus
Aos alunos que estiverem presentes em todas as aulas, será dado um bônus de
1,0 ponto (escala de 0 a 10) à média de conceito.

Será adicionado 0,3 ponto à média de cada prova por cada estudo extra apresentado, desde que a nota de qualidade da execução seja igual ou superior a 8,0 (escala de 0 a 10).

6.5. Exemplo de avaliação:

Teste

Peça A

Peça B

Preparo/continuidade Fraseado/dinâmicas Segurança técnica/ritmo

4

(5)

Preparo/continuidade

5

(5)

4

(5)

Fraseado/dinâmicas Segurança técnica/ritmo

4

(5)

3

(5)

4

(5)

Subtotal: 11/15 = 73%

Subtotal: 13/15 = 87%

 

Média = (8,7 + 7,3) / 2 = 8,0

 

6.5.1. Cálculo da nota final:

Nº de pontos obtidos no teste No.1 Nº de pontos obtidos no teste No.2 =
Nº de pontos obtidos no teste No.1
Nº de pontos obtidos no teste No.2
= 8,0 x 25%
= 8,0 x 35%
=
2,0
=
2,8
Nota de Teste =
4,8
Nº de faltas: 3
Nº de pontos obtidos em conceito
= - 1,4
= (9,0 - 1,4) x 40%=
3,0
TOTAL
=
7,8
7.
Cronograma:
Vide “sistema de avaliação”, item 1.1.2.
8.
Datas Importantes:
∑ Último dia de aulas - 15/07/2012
∑ Último dia para solicitar trancamento (parcial e total), na SGC – 1/3 do semestre -
25/04/2012
9.
Bibliografia:
GERIG, Reginald. Famous Pianists and their Technique. 2ª edição. Bloomington, Indiana:
Indiana University Press, 2007.
CHIANTORE, Luca. Historia de la Técnica Pianística: un estudio sobre los grandes
compositores y el arte de la interpretación en busca de la Ur-Technik. Madrid: Alianza
Editorial, 2001.
GANDELMAN, Salomea. 36 Compositores Brasileiros: Obras para Piano (1950/1988). Rio
de Janeiro: Funarte, Relume Dumará, 1997.

HINSON, Maurice. Guide to the pianist's repertoire. 2ª ed. Bloomington (IN, USA): Indiana University Press, 1987.

FRISKIN, James & FREUNDLICH, Irwin. Music for the piano: a handbook of concert and teaching material from 1580 to 1952. New York: Dover, 1973.

LEIMER, Carl & GIESEKING, Walter. Como devemos estudar piano. São Paulo, Editorial Mangione, 1949.

RICHERME, Cláudio. A técnica pianística: uma abordagem científica. São João da Boa Vista (SP): Air Musical Editora, 1996.

SANDOR, Gyorgy. On piano playing - Motion, Sound Expression. New York: Schirmer Books,

1995.