Sei sulla pagina 1di 11

BTC

Bases da Técnica Cirúrgica

Alguns instrumentais
cirúrgicos

C.A.R.O
Instrumental
Diérese
 Cabo de bisturi 3 e 4
 Tentacânula

 Tesoura de Mayo (proporção entre a lâmina


e o cabo é a ½)
 Tesoura de Metzenbaum
(a proporção entre a lâmina
e o cabo é ⅓)
Instrumental

Preensão

 Pinça de dissecção com dentes e


sem dente

 Pinça de Adison
Hemostasia
 Halsted
 - Reta
 - Curva

 Crile (⅔ de ranhura)
 - Reta
 - Curva

 Kelly (tem ranhura até o fim)

 Mixter – angulação quase em 90°.


Exposição
 Afastador de Farabeuf
 Afastador Doyen
 Afastador de Deaver
 Maleável

 Afastador de Finochietto
Especiais
 Pinça de Kocher
- Reta e Curva
(é como uma hemostática com
dente na ponta;
Serve para preensão de
aponeurose)

 Allis (Preensão
traumática)
Especiais
 Preensão atraumática
(preensão de vísceras)
- Babcock
- Duval
- Collin
Especiais
 Pinça de Winter

 Pinça de Pean – montar gaze,


pinça de reparo, romper o útero,
uso geral.

 Pinça de Backaus –
preensão de campo

 Clamp intestinal (evita que


caiam fezes na cavidade)
-Reto e Curvo
Especiais
 Pinça de Museux –
apreensão do colo do
útero ou do corpo do
útero na Obstetrícia.

 Grampeador linear –
secção com sutura
de vísceras ocas.

 Grampeador circular
– anastomose de
vísceras ocas (TGI).
Especiais
 Aplicador de clipe para
videolaparoscopia
 Aplicador de miniclipe para
videolaparoscopia
 Trocarte de 12 ou 15 (o tamanho
vem escrito nele).
 Pinça de Maryland
 Agulha de Veress
Síntese
 Porta-agulha de Mayo-Hegar

 Porta-agulha de Mathieu