Sei sulla pagina 1di 7

Virgem Negra

Denomina-se Virgem Negra, Madona Negra ou Virgem Maria Negra, a uma escultura ou pintura feminina, de cor escura, nas regiões de tradição cristã associadas à personagem de Maria (mãe de Jesus).

Geralmente estão associadas lendas que lhes atribuem origem mais antiga, e tanto representam a Senhora em pé como sentada num trono ou num banco, acompanhada pelo Menino Jesus. A sua popularidade prende-se à reputação de possuírem o poder de realizar milagres, e o seu culto tornou-as, tradicionalmente, em destino de peregrinação.

Embora espalhadas por todo o mundo, a maioria dessas imagens encontram-se na Europa, onde existem cerca de 400 conservadas em igrejas e em museus. Na sua maioria remontam à Idade Média, esculpidas ou pintadas em madeira, e de pequenas dimensões.

Índice

História

Não se pode precisar com exatidão a origem do seu culto.

Alguns estudiosos associam a cor escura destas imagens à noite ou a algum tipo de culto funerário, uma vez que muitas muitas foram encontradas em catacumbas, sarcófagos, criptas ou grutas. As lendas que as envolvem geralmente afirmam que essas imagens foram descobertas de modo milagroso ou sobrenatural, como por exemplo:

a Virgem de Montserrat - encontrada no interior de uma gruta descoberta após a queda de um raio sobre uma pedra que a encobria ("La Cueva Santa"); e

Nossa Senhora da Conceição Aparecida, padroeira do Brasil - encontrada nas águas de um rio, com o corpo separado da cabeça, partes encontradas uma após a outra.

Alguns arqueólogos e historiadores defendem que a cor escura se deve ao fumo das velas utilizados no seu culto; outros ainda acreditam que o seu culto esteja ligado à vida e à fertilidade, o que é apoiado por alguns dos nomes porque são conhecidas: Virgem da Esperança, da Vida, da Concepção (Conceição). Nesta última linha de entendimento, encontram-se aqueles que defendem a ligação destas imagens a cultos muito mais antigos, remontando à pré-históricos (associados à Deusa mãe), os cultos dos Celtas, os de Cibele, de Deméter ou de Ísis, mãe de Hórus. Esta última é muitas vezes, representada com um bebê (Hórus) nos braços ou no colo, tendo o seu culto se difundido por todo o Império Romano, associando-se, posteriormente, às imagens marianas do cristianismo. Como exemplo, cita-se a reconsagração de um antigo templo de Ísis à Virgem Maria em Soissons, na atual França, no século V. Em alguns casos o seu culto pode estar ligado ao de Maria Madalena, como por exemplo Santa Sara Kali, cultuada pelos Ciganos.

Virgens Negras ao redor do mundo

Alemanha: Nossa Senhora de Altötting, na Baviera

Bélgica: Capela da Virgem Negra, Maillen em Assesse, Nossa Senhora de Flander em Tournai, dentre outras

Colômbia: Virgem da Candelária

Costa Rica: Nossa Senhora dos Anjos, La Negrita, em Cartago

Croácia: Donji Kraljevec em Medjimurje, Marija Bistrica

Egito: Mosteiro de Santa Catarina do Monte Sinai

Estados Unidos: Catedral da Virgem Negra, no Missouri

Espanha: Virgem do Pilar em Saragoça, do mosteiro de Guadalupe, de Montserrat em Barcelona, da Candelária em Tenerife, de Luc em Maiorca, de Argeme em Cória ,dentre outras

França: N. S. de Rocamadour, N. S. dos Anjos em Boulogne-sur-mer, N. S. dos Milagres em Orléans, de São Vitor em Marselha, Virgem Negra de Toulouse, de Mende, dentre outras

Itália: Madonna de Tindari, Madonna da Saúde em Veneza, dentre outras

Irlanda: Nossa Senhora de Dublin

Malta: há restos de uma Virgem Negra em Harum

México: Nossa Senhora de Guadalupe, em Cidade do México, essa Virgem não chega a ser negra, mas também não é branca, alguns atribuem seus traços a traços indígenas e outras à deusa egípcia Ísis

Polônia: Virgem Negra de Częstochowa

Sérvia: Virgem Negra de Kosovo

Suíça: Nossa Senhora da Eremita, Einsiedeln

Trinidade e Tobago: A Divina Pastora, em Chipiona

Bibliografia

BEGG, Ean. The Cult of the Black Virgin. England: Penguin Books-Arkana, 1996. ISBN 0-14-019510-6

HUYNEN, Jacques. L'Enigme des Vierges Noires. France: Editions de Jean-Michel Garnier, 1994. ISBN 2908974010 ISBN 978-2908974010

MUSQUERA, Xavier. Un viaje por la historia de los Templarios en España. Ediciones Nowtilus, 2007. ISBN 8497634071 ISBN 978-8497634076

en España . Ediciones Nowtilus, 2007. ISBN 8497634071 ISBN 978-8497634076 Alemanha: Nossa Senhora de Altötting.

Alemanha: Nossa Senhora de Altötting.

Áustria: Virgem Negra.

Áustria: Virgem Negra.

Brasil: Nossa Senhora da Conceição Aparecida.

Brasil: Nossa Senhora da Conceição Aparecida.

Espanha: Virgem de Montserrat.

Espanha: Virgem de Montserrat.

França: Virgem Negra de Mende.

França: Virgem Negra de Mende.

Polónia: Virgem Negra de Czestochowska.

Polónia: Virgem Negra de Czestochowska.