Sei sulla pagina 1di 3
PREFEITURA MUNICIPAL DE GONCALVES ‘CEP 37690000 - ESTADO DE MINAS GERAIS ng de 2! Novembro de 199% "Institui o Conselho Municipel ae Satie e 43 outras provide: cias" © Povo do Municfpio de Gongalves-"G, por seus > sentantes decretou e eu, sanciono a seguiite Lei: Art, 12 - Fica institufdo o Conselho Municipal de Setide, em cordter permanente, como érgSo deliberativo do Sistema Uni- co de Satie, no ambito Municipel. Art. 2° - Sem prejuizo das fungSes do poder legisla tivo sfo competéneias do Conselho Municipsl de Satide: I - atuar na formulagdo de estratégias e no contro- le da execugo de polftica municipal ae solide; II - aprovar, acompanhar e controlar a execug3o do plano Municipal de Satie, propondo novas dire ~ trizes quando isto se fizer necessério; III - convocer e estruturar 3 ComissSo orgenizedors ' ds Conferéncia Municipal de Setde, anualmente; IV = fiscslizar e acompenhar o desenvolvimento 438 agdes e servigos de Satide do rede piblica e pr vada, propondo critsrios de quslidade e resclu- tividade; V - aprovar contretos © convénios con rede priv- das VI - articular-se com os demais érgaos colegisdos do SUS das esferas estadusl federal do governo; VII - estimular 3 participag3o popular no controle da administragdo do Sistema de Satide; VIII - acompanhsr a progranagZo e execugSo orgamenté- ria e finenceira, través do Fundo Vunicipsl de Satides IX - eleborar seu Regimento Interno. Art. 32 - OCMS terd composic3o peritéria, sende ' PREFEITURA MUNICIPAL DE GONGALVES ‘CEP 7690-000 - ESTADO DE MINAS GERAIS Presentantes, de seguinte forme: I - 03 (trés) representantes de populegso usutria dos servigos de sade; | . II - 01 (Hum) representante dos trabelhadores da sat de; - III - 01 (Hum) representsnte do governoj IV - 01 (Hum) representante dos prestadores de servi gos na Srea da satide, (miblicos, privados « lu- erativos/no luerativos contratados) . Pardgrafo Primeiro - A cada titular do CMS corres- ponders um suplente. Parégrafo Segundo - O niimero de representantes e que trate o inciso I do presente artigo, nfo seré inferior a 50% (cin- quenta por cento) dos membros do CMS. 7 Art. 42 - Os membros efetivos e suplentes to CIS sg ro nomeados pelo Prefeito Municipal, apés indicag3o ou eleigio pelas respectivas instituigdes e entidades a que pertencen. Pardgrefo Primeiro - Ayenas o representante do go- verno municipal serg de livre escolha do Frefeito. Parégrafo Segundo - O Secretério Municipal de Satie é membro nato do CMS e seri seu Presidente. . Parggrafo Terceiro - Na euséncia ou impedimento do Secretério Municipal de Sade a’ Presidéncia do CMS serf assumida velo seu suplente. Art. 5@ - 0 CM reger-se-é pelas seguintes disposi- gSes, no que se refere 9 seus memtros: I - o exerefeio da fung#o de conselheiro nfo serd remunerado; II - 0s membros do CMS serfo substitufdos caso fal- tem sem motivo justificedo, a 02 (duas) = reu- nides consecutivas ou 0+ (quitro) reunides in- tercaladas no perfodo ae 1 ano; III - os membros do CMS poderfo ser substituidos me- diente solicitag¥o, da entidade ou autoridade responsvel, apresentada av ?refeito Municipol, PREFEITURA MUNICIPAL DE GONCALVES ‘CEP 37680-000 - ESTADO DE MINAS GERAIS Art. 62 - A Secretaria Municipol de Satide prestard © apoio administrativo necessério s0 funcionamento do CHS. Art. 72 - 0 CMS terd seu funcionemento regido pelas seguintes normas: o OrgSo de deliberag3o mixima é o Plenério; w II - 0 CW se reuniré ordinariemente uma vez por més, ou em caréter extroordindrio quondo convo- cades maioria dos seus membros; TI - para a realizegHo das sessdes plendrias seré necesséria 3 presenga do maiorie ebsoluta dos membros do CMS, que deliberard pela maioria dos votos dos presentes; IV - as decisdes do CMS ser#o consubstanciadas = em resolugdes. Art. 82 - Para melhor desempenho de suas fungSes o CMS poderé recorrer a pessoas ou entidades da sociedade civil = para assessorer em assuntos relativos 3 satide. Art. 92 - As sessées plenfrias do CIS dever3o ser amplanente divulgados, permitindo o acesso 4 popwlagao interessads. Art. 10° - COM devers elaborar e aprovarem As- sembléis Geral, seu Regimento Interno no prazo de 60 (sessenta) dios epés a promilgagao desse lei. Art. 112 - Esta Lei entrard em vigor na data de sua publicegSo, revogadas as disposigdes em contririo. Gongalves, 28 de Novembro de 1994 wiizen (ETE ae Borres “*pUBLICADO Prefeito Municipal Em_22 | ff |_ 34 GRP