Sei sulla pagina 1di 20

ANÁLISE QUÍMICA Exercícios revisão 01

Análise Química - Exercícios

QUÍMICA ANALÍTICA QUALITATIVA

Colégio: Ateneu Santista

Curso: Técnico em Química

Professora Anália Christina Pereira Caires

ANÁLISE QUÍMICA Exercícios revisão 01

Equipamentos, materiais e vidrarias de laboratório

1. (UNICAP) Estabeleça as correlações entre as várias vidrarias do laboratório e seus usos:

I - Balão volumétrico

II - Erlenmeyer

Ill - Bureta

IV - Condensador

V Funil de decantação.

Assinale as afirmativas verdadeiras e as afirmativas falsas:

a) II e III podem ser usados em titulações

(

)

b) Nas destilações, usamos o I.

c) V é usado nas filtrações comuns.

d) É indispensável do IV na destilação fracionada.

(

(

(

)

)

)

e) Para pipetar, usamos o III.

(

)

2. (Fuvest-SP) Dentre os seguintes utensílios de laboratório, qual deles é um frasco de Kitassato?

de laboratório, qual deles é um frasco de Kitassato? 3. ( “FESP) Em relação às pipetas

3. (“FESP) Em relação às pipetas “graduadas” e volumétricas” é correto afirmar que:

a) A pipeta graduada não deve ser utilizada para medir volumes de líquidos transparentes.

b) A pipeta volumétrica só deve ser utilizada para medir volumes fixos de líqui- dos coloridos.

c) A pipeta graduada é utilizada para medir volumes fixos de líquidos que não sejam voláteis.

d) A pipeta graduada é utilizada. para medidas precisas de volumes variáveis de líquidos.

e) A pipeta volumétrica de 25,0 ml de capacidade pode ser utilizada para medir corretamente líquido.

4. (FESP) Em relação às atividades experimentais em um laboratório de química, é incorreto o seguinte procedimento.

a) Utilizar o funil de decantação para separar a água do óleo.

b) Utilizar a cápsula de porcelana, quando se pretende aquecer tubos de en- saio em temperaturas moderadas.

c) Utilizar a proveta para medir quantidade variáveis de líquidos.

d) Utilizar a estufa na secagem de substâncias.

ANÁLISE QUÍMICA Exercícios revisão 01

5. (UNICAP) Questão relacionada aos materiais de laboratório. Assinale as afir- mativas verdadeiras e as afirmativas falsas.

a)

A garra de condensador é utilizada para segurar tubos de ensaios du- rante aquecimentos.

(

)

b) A cápsula de porcelana é utilizada para medir volumes de líquidos.

(

)

c) O funil de decantação é usado para separar líquidos imiscíveis,

(

)

d) Tubo de ensaio é utilizado junto com o Kitassato, na filtração.

(

)

e) A bureta é empregada para medições precisas de volumes líquidos.

(

)

6. VI. Qual dos procedimentos abaixo, em relação às atividades experimentais, é correto.

Para separar uma mistura de água + etanol, utiliza-se filtração simples

a) Para a produção de gases em laboratório, utiliza-se um erlenmeyer acoplado a um balão volumétrico.

b) Deve-se regular o bico, utilizando-se o anel de regulagem do ar primário an- tes de efetuar qualquer aquecimento.

c) Quando se pretende separar líquidos imiscíveis, utiliza-se o funil de separa- ção, tendo-se o cuidado de utilizar lã de vidro para reter o líquido mais vis- coso.

d) Nunca utilizar uma pipeta graduada de 10,00 ml de capacidade, para se me- dir volumes de substâncias alcalinas ou coloridas.

7. (UNICAP) Questão referente a materiais de laboratório. Assinale as afirmativas verdadeiras e as afirmativas falsas.

a)

b)

c)

d)

e)

(

NaOH, pois o mesmo reage com o ar do ambiente, formando Na 2 CO 3 que cimenta a torneira.

(

deixar a parte inferior da curvatura (menisco) tangenciando a linha de aferi- ção.

(

remos retirar o excesso através de pipeta graduada.

(

volumes de líquidos.

)

)

Nas buretas comuns, deve-se ter o cuidado de lavá-las ao utilizar-se

Na aferição de uma pipeta volumétrica, deveremos ter o cuidado de

)

Na aferição do balão volumétrico, se passarmos da marcação, pode-

)

As provetas são cilindros graduados que medem, sem muita precisão,

(

)

A melhor maneira de aquecermos um material contido num tubo de

ensaio é segurando-o com a mão direita, já que o vidro é um mau condutor de calor.

8. (F.C.Chagas-BA) Para triturar um resíduo sólido é mais adequado utilizar:

Um destilador.

a) Uma centrífuga.

b) Um funil de separação.

c) Uma placa de Petri.

d) Almofariz e pistilo.

ANÁLISE QUÍMICA Exercícios revisão 01

9. (Fuvest-SP) Dentre os seguintes utensílios de laboratório, qual deles é o con- densador:

utensílios de laboratório, qual deles é o con- densador: 10. (UNICAP) Assinale as afirmativas verdadeiras e

10. (UNICAP) Assinale as afirmativas verdadeiras e as afirmativas falsas.

a) cadinho de porcelana é utilizado na trituração e pulverização de sóli-

(

)

dos.

b) vidro de relógio é empregado para determinar a velocidade das rea-

(

)

ções químicas.

c) Pisseta serve para medir volumes de líquidos com razoável precisão.

(

)

d) A pipeta graduada mede volumes variáveis de líquidos.

e) Os tubos de ensaio são empregados na realização de pequenos testes químicos.

(

(

)

)

11. (Vunesp) Observe as figuras I, II, e III.

( ( ) ) 11. (Vunesp) Observe as figuras I, II, e III. Os materiais de

Os materiais de vidro utilizados em laboratório químico são respectivamente:

a) Erlenmeyer, béquer, condensador.

b) Destilador, béquer, bureta.

c) Kitassato, proveta, pipeta.

d) Erlenmeyer, Kitassato, condensador.

e) Proveta, Kitassato, pipeta.

12. (Fesp-SP) Uma das operações básicas em laboratórios químicos é a medida de volume das soluções. Qual dos materiais a seguir você utilizaria para medir corretamente um determinado volume de solução?

a) Almofariz

b) Balão de fundo chato

c) Pipeta

d) Erlenmeyer

e) Béquer

13. (Fesp-SP) A tela tem grande utilidade em um laboratório de química. Ela é utili- zada fundamentalmente para:

a) Concentrar a chama oxidante, aumentando sua eficiência.

b) Evitar o contato da fuligem com o recipiente que está sendo aquecido.

ANÁLISE QUÍMICA Exercícios revisão 01

c) Evitar um maior desperdício de gases não queimados durante o aquecimen- to.

d) Distribuir uniformemente o calor em aquecimento de laboratório.

e) Absorver os gases tóxicos emanados dos aquecimentos, evitando dessa forma a inalação dos referidos gases, prejudicial à saúde.

14. (Mackenzie-SP) Para se realizar uma titulação, são necessárias as seguintes vidrarias:

a) Bureta, pipeta e balão.

b) Vidro de relógio, pipeta e dessecador.

c) Condensador, balão e erlenmeyer.

d) Condensador, funil e béquer.

e) Funil, béquer e erlenmeyer.

15. Para se montar um aparelho de destilação simples no laboratório, usam-se entre outros os seguintes materiais:

a) Condensador, tela de amianto e cadinho de porcelana.

b) vidro de relógio, espátula e bico de Bunsem.

c) Funil analítico, bureta e balão de destilação.

d) condensador tela de amianto e balão de destilação.

e) Bico de Bunsem, condensador e balão volumétrico.

16. (Unioeste-PR) Considerando os materiais de laboratório representados na fi- gura, assinale a(s) alternativa(s) correta(s):

na fi- gura, assinale a(s) alternativa(s) correta(s): a) O material (I) é utilizado na separação de

a) O material (I) é utilizado na separação de misturas heterogêneas líquido- líquido.

b) O material (II) é denominado condensador e é utilizado na destilação.

c) O material (III) é denominado erlenmeyer.

d) O material (IV) é denominado balão de fundo chato.

e) O material (V) é denominado Kitassato e é utilizado na filtração a vácuo.

17. (F.C.Chagas-BA) Para se fazer uma filtração simples quais dos seguintes ma- teriais seriam necessários:

Para se fazer uma filtração simples quais dos seguintes ma- teriais seriam necessários: a) b) c)

a)

Para se fazer uma filtração simples quais dos seguintes ma- teriais seriam necessários: a) b) c)

b)

c)

d)

ANÁLISE QUÍMICA Exercícios revisão 01

18. (FESP) Com relação às atividades de laboratório, identifique qual das afirmati- vas é a correta.

a) Após a utilização de uma bureta, que foi abastecida com uma solução de hi- dróxido de sódio, deve-se imediatamente lavá-la com uma solução de ácido para neutralizar o excesso de base impregnada na bureta.

b) Para se preparar uma solução em laboratório utilizando água da torneira, deve-se ter o cuidado de antes filtrá-la para eliminar as impurezas, especi- almente as gasosas de altas densidades.

c) A tela de amianto é usado para aquecimento de balão volumétrico, quando se pretende fazer um aquecimento direto e rápido.

d) Para se abastecer uma bureta corretamente, coloca-se a solução titulante em um béquer e com auxílio de um bastão de vidro transfere-se a solução para a bureta.

e) Os frascos reagentes devem ser segurados sempre pelo lado que contém o rótulo para que o reagente, ao escorrer, não danifique o referido rótulo.

19. Coloque falso ou verdadeiro nas frases abaixo:

a) A pisseta serve para medir volumes precisos de líquidos.

(

)

b) O funil de Buchner é utilizado na filtração simples de amostras

c) A pipeta serve para medir volumes precisos de líquidos.

d)

(

(

)

)

)

A placa de Petri é utilizada para evitar perda de amostra por evapo- ração, quando aquecemos soluções em chapas elétricas.

(

e) O erlenmeyer é usado nas titulações

f) O suporte universal é utilizado na destilação para prender a garra

(

(

)

)

g)

que segura o condensador.

(

cisos de líquidos

)

A bureta é utilizada nas titulações e serve para medir volumes pre-

h) O balão de destilação é usado nas destilações e serve para esfriar os vapores obtidos durante a destilação

i) O béquer é usado para efetuar reações e pode ser sofrer aqueci- mento

j) O cadinho de porcelana resiste a altas temperaturas e é usado para calcinar amostras.

k) A balança analítica é utilizada para efetuar pesagens durante a rea- lização de ensaios

l) O almofariz e o pistilo são usados na trituração de sólidos.

(

(

(

(

(

)

)

)

)

)

m) Usa-se a pinça de madeira para prender o condensador durante a

(

)

destilação

n) A bureta é utilizada para transferir volumes imprecisos de líquidos

(

)

o) O balão volumétrico fornece medidas precisas de volume

(

)

p) ) O dessecador serve para manter as substâncias em atmosfera isen-

(

ta de umidade

q) A pipeta volumétrica é utilizada para medir volumes precisos de lí- quidos e pode ser seca em estufa a 100°C

r) O vidro de relógio é utilizado para evitar perda de amostra por eva- poração, quando aquecemos soluções em chapas elétricas.

s) O condensador é usado nas destilações e serve para esfriar os va- pores obtidos durante a destilação

(

(

(

)

)

)

ANÁLISE QUÍMICA Exercícios revisão 01

20. Para fazer uma filtração á vácuo, quais vidrarias e equipamentos você precisa utilizar. Explique a função de cada um deles no processo

ANÁLISE QUÍMICA Exercícios revisão 01

Calibração de vidrarias

21.

Um balão volumétrico apresentou os seguintes resultados de calibração. Sa- bendo-se que o coeficiente de expansão térmica do vidro é 0,000010, calcule o volume real obtido na temperatura de 20ºC, a incerteza tipo A obtida nesta ca- libração, e avalie a qualidade desta vidraria

.

medida

Balão vazio

Balão +água (g)

T (ºC)

Densidade

Volume real

(g)

.

da água

 

1 110,56

359,98

24

   
 

2 110,59

359,97

24

   
 

3 110,53

359,98

24

   

22. Uma pipeta volumétrica apresentou os seguintes resultados de calibração. Sa- bendo-se que o coeficiente de expansão térmica do vidro é 0,000010, calcule o volume real obtido na temperatura de 20ºC, a incerteza tipo A obtida nesta ca- libração, e avalie a qualidade desta vidraria.

medida

Balão vazio

Balão +água (g)

T (ºC)

Densidade

Volume real

(g)

.

da água

1

33,2136

83,0033

25

   

2

33,2186

83,0178

25

   

3

33,2153

83,0077

25

   

23.

O certificado de calibração de um balão volumétrico de 1,0 l apresentou os se- guintes resultados:

Volume = 999,98 ml

Incerteza = ± 0,05 ml

 

Sabendo-se que a especificação para o balão de 1,0 l tem uma tolerância má- xima de ± 0,30 ml, qual seria a sua avaliação a respeito desta vidraria? Expli- que sua resposta.

24.

O certificado de calibração de uma pipeta volumétrica de 25,0 ml apresentou os seguintes resultados:

Volume = 25,03 ml

Sabendo-se que a especificação para pipeta volumétrica de 25,0 ml tem uma tolerância máxima de ± 0,03 ml, qual seria a sua avaliação a respeito desta vidraria? Explique sua resposta.

Incerteza = ± 0,02 ml

ANÁLISE QUÍMICA Exercícios revisão 01

Propridades físico-químicas e densidade

25. Dada a tabela abaixo, indique o estado físico de cada substância a 20ºC.

Substância

Temp. de Fusão (ºC)

Temperatura de ebulição (ºC)

Estado físico

I

-110

78,5

 

II

-93,9

65,0

 

III

800

1600

 

V

0

100

 

VI

-223

-183

 

26. Em um cilindro graduado com 25 cm 3 de água foi colocado um objeto de 41 g de massa . O volume do líquido subiu para 30 cm 3 . Determine a densidade deste objeto. Considerar a densidade da água = a 1g/mL

27. Sabendo se que a densidade do tetracloreto de carbono é de 1,28 g/cm 3 , a densidade da água é de 1,00 g/cm 3 e a densidade da gasolina é de 0,82 g/cm3.Se colocarmos estas três substâncias em uma proveta, Em que ordem elas devem ser colocadas na proveta para se obter três fases.

28. Um tanque possui de comprimento 5,0 m, largura 2,0 m e 1 m de altura. Sa-

bendo-se que se a solução de amônia existente dentro dele possui uma densi-

dade é de 0,90 g/cm nele?

3

, qual é a quantidade desta solução de amônia existente

29. A densidade do leite tem valores compreendidos entre 1,031 a 1,035 g/cm 3 . O que acontece com a densidade do leite se adicionarmos :

a) gordura ( densidade = 0,89g/cm 3 )

b) água ( densidade = 1,00 g/cm

c) creme de leite ( densidade = 1,10 g/cm 3 )

3

)

30. Dois tanques iguais A e B com capacidade para 60 L de combustível recebe- ram respectivamente gasolina ( d=0,73 g/cm 3 ) e álcool ( d=0,81 g/cm 3 ). Qual a massa contida em cada tanque.

31. Mistura-se 20 g de um produto A e 30 g de um produto B e obteve-se uma mistura homogênea e que o volume final da mistura é igual à soma dos volu- mes de A e B.Determine a densidade da mistura, sabendo-se que a densidade de A= 2,5 g/cm 3 e a densidade de B= 4,0 g/cm 3

32. Mercúrio e água apresentam densidades iguais a 13,6 g/cm 3 e 1,0 g/cm 3 res- pectivamente. Que volume de água possui a mesma massa de 1 L de mercúrio

33. Foram colocadas 60,0 g de um determinado sal em uma proveta de 100 mL Apos agitação do sistema, o volume do produto era de 79,5 mL e depois de compactada, apresentou um volume de 49 mL. Determinar a densidade apa-

ANÁLISE QUÍMICA Exercícios revisão 01

rente e compactada do sal.

34. Cerca de 908 g de um produto sólido e insolúvel em água foi colocado em um recipiente graduado com 2350 mL de água. Observou-se um volume de 3311 mL. Determinar a massa específica do produto.

35. A massa específica de um minério é de 286 Kg/m 3 . No ensaio da massa espe-

cífica, a proveta tinha inicialmente 56,4 mL. Qual o volume final da proveta em

mL para a determinação da massa específica, sabendo-se que a massa do mi-

nério adicionada na proveta foi de 25,13 g.

36. Determinar a densidade absoluta de um produto que tem sua densidade relati- va a 4/4ºC é igual a 0,7785 g/mL e a densidade relativa a 25/4ºC igual

0,7545g/mL

37. Determinar a densidade relativa de um solvente a 15/4ºC e sua densidade

absoluta,

sidade de um solvente a -5ºC, obtendo-se massa do picnômetro = 58,3523 g e massa com solvente = 67,0184 g. Dados de calibração do picnômetro (A)

sendo dado Um picnômetro (A)foi utilizado para determinar a den-

medida

Picnômetro ( g)

Picnômetro+água (g)

T (ºC)

Densid. da água

Volume real

 

1 58,3578

68,1597

4

   
 

2 58,3590

68,1508

4

   
 

3 58,3588

68,1573

4

   

38. Um picnômetro (B) foi utilizado para determinar a densidade do mesmo solven-

massa do picnômetro = 86,1423 g e massa com solven-

te a 15ºC obtendo-se

te = 127,3584 g Calibração do picnômetro B

medida

Picnômetro ( g)

Picnômetro+água (g)

T (ºC)

Densid. da água

Volume real

 

1 86,1477

136,0016

4

   
 

2 86,1425

136,0088

4

   
 

3 86,1466

136,0069

4

   

39.

Uma piscina possui de comprimento 10 m, largura 5 m e 2 m de altura. Saben- do-se que se foi adicionado 100 kg de hipoclorito de sódio para tratamento da água contida na mesma, qual a densidade obtida na água tratada? Responder expressando o valor na unidade de g/cm 3 .

40.

Um

armazém possui de comprimento 10 m, largura 5 m e 2 m de altura. Sa-

bendo-se que se deseja armazenar no mesmo um cereal cuja densidade é de 1,25 g/cm3, qual é a quantidade de cereal que podemos colocar neste arma-

zém?

41.

Um

silo possui de comprimento 10 m, largura 5 m e 2 m de altura. Sabendo-se

que se a o mesmo contem 95.000 kg de um cereal, qual é a densidade aparen- te deste? Expressar o resultado em g/cm3.

ANÁLISE QUÍMICA Exercícios revisão 01

Dissolução fracionada

42. Cerca de 15 g de uma amostra constituída de Cloreto de prata, cloreto de sódio

e areia foram colocadas em becker e adicionou-se água. A solução foi mistura-

da e filtrou-se. O filtrado foi recolhido em balão volumétrico de 250 mL. Após

completar o volume e homogeneizar, retirou-se uma alíquota de 25 mL e colo- cou-se em outro Becker. A alíquota foi seca e obteve-se uma massa de 0,6 g. O resíduo contido no filtro foi tratado com solução de hidróxido de amônio e o filtrado foi recolhido em balão volumétrico de 500 mL. Após completar o volume

e homogeneizar, retirou-se uma alíquota de 50 mL e colocou-se em outro Bec- ker. A alíquota foi seca e obteve-se uma massa de 0,3 g. Sabendo-se que o

cloreto de sódio é solúvel em água e o cloreto de prata é solúvel em hidróxido

de amônio, determinar a porcentagem dos componentes da mistura.

43. Cerca de 10 g de uma amostra constituída de Carvão, bromo e hidróxido de sódio foram colocadas em becker e adicionou-se clorofórmio. A solução foi misturada e filtrou-se. O filtrado foi recolhido em balão volumétrico de 100 mL. Após completar o volume e homogeneizar, retirou-se uma alíquota de 10 mL e colocou-se em outro Becker. A alíquota foi seca e obteve-se uma massa de 0,4

g O resíduo contido no filtro foi tratado com água e o filtrado foi recolhido em balão volumétrico de 250 mL. Após completar o volume e homogeneizar, reti- rou-se uma alíquota de 50 mL e colocou-se em outro Becker. A alíquota foi se-

ca e obteve-se uma massa de 0,8 g. Sabendo-se que o hidróxido de sódio é

solúvel em água e o bromo é solúvel em clorofórmio, determinar a porcenta- gem dos componentes da mistura.

44. Cerca de 30 g de uma amostra constituída de limalha de ferro, ácido esteárico

e fosfato de sódio foram colocadas em becker e adicionou-se água. A solução

foi misturada e filtrou-se. O filtrado foi recolhido em balão volumétrico de 500

mL. Após completar o volume e homogeneizar, retirou-se uma alíquota de 50 mL e colocou-se em outro Becker. A alíquota foi seca e obteve-se uma massa

de 0,9 g. O resíduo contido no filtro foi tratado com álcool e o filtrado foi reco-

lhido em balão volumétrico de 500 mL. Após completar o volume e homogenei-

zar, retirou-se uma alíquota de 25 mL e colocou-se em outro Becker. A alíquota

foi seca e obteve-se uma massa de 0,6 g. Sabendo-se que o fosfato de sódio é

solúvel em água e o ácido esteárico é solúvel em álcool, determinar a porcen-

tagem dos componentes da mistura.

45. Cerca de 30 g de uma amostra constituída de limalha de ferro, cloreto de prata, ácido esteárico e fosfato de potassio foram colocadas em becker e adicionou-

se água. A solução foi misturada e filtrou-se. O filtrado foi recolhido em balão

volumétrico de 500 mL. Após completar o volume e homogeneizar, retirou-se uma alíquota de 50 mL e colocou-se em outro Becker. A alíquota foi seca e ob-

teve-se uma massa de 0,6 g. O resíduo contido no filtro foi tratado com álcool e

o filtrado foi recolhido em balão volumétrico de 500 mL. Após completar o vo-

lume e homogeneizar, retirou-se uma alíquota de 25 mL e colocou-se em outro

Becker. A alíquota foi seca e obteve-se uma massa de 0,6 g . O resíduo conti-

do no filtro foi tratado com hidróxido de amônio e o filtrado foi recolhido em ba-

ANÁLISE QUÍMICA Exercícios revisão 01

lão volumétrico de 500 mL. Após completar o volume e homogeneizar, retirou- se uma alíquota de 25 mL e colocou-se em outro Becker. A alíquota foi seca e obteve-se uma massa de 0,5 g Sabendo-se que o fosfato de sódio é solúvel em água o ácido esteárico é solúvel em álcool e o cloreto de prata é solúvel em hi- dróxido de amônio, determinar a porcentagem dos componentes da mistura.

46. Elaborar um esquema de separação das seguintes misturas

a) óleo, água, cloreto de sódio (dissolvido)

b) areia, limalha de ferro, cloreto de sódio e cloreto de prata

c) grafite e iodo

d) nitrato de sódio, carvão e enxofre

e) areia, cloreto de sódio, estanho em pó e enxofre

f) álcool, acetona e óleo

g) diclorometano, água e cloreto de sódio (dissolvido)

h) ferro em pó, areia, estanho em pó e hidróxido de sódio

i) cortiça, areia, cloreto de sódio e cloreto de prata

j) alumínio em pó, nitrato de bário e cloreto de prata

dados :

Cloreto de prata solúvel em hidróxido de amônio e insolúvel em água Todos os nitratos são solúveis em água

Hidróxido de sódio - solúvel em água Enxofre solúvel em dissulfeto de carbono Estanho funde a 200 0 c

Solubilidade

de carbono Estanho funde a 200 0 c Solubilidade 47. Duas amostras A e B com

47. Duas amostras A e B com massas diferentes da

mesma substância foram aquecidas com a mes- ma fonte de calor, até que o sólido se transfor- masse em líquido. Os dados experimentais foram utilizados para construir os gráficos ao lado. Pede-se que para cada amostra seja indicado:

a) temperatura inicial de aquecimento

b) temperatura de fusão

c) o intervalo de tempo no qual as amostras per- maneceram no estado sólido

d) o intervalo de tempo no qual as amostras estavam mudando de estado

ANÁLISE QUÍMICA Exercícios revisão 01

48. Para determinar se dois líquidos incolores eram da mesma substância, foi feito a determinação do ponto de ebulição de cada uma delas e os resultados obti- dos, colocados nos gráficos abaixo. Pergunta-se :

a) Os líquidos são a mesma substância. Por quê ?

b) Por que as partes II dos gráficos são paralelas às abscissas

que as partes II dos gráficos são paralelas às abscissas 49. Considere o gráfico ao lado,
que as partes II dos gráficos são paralelas às abscissas 49. Considere o gráfico ao lado,

49. Considere o gráfico ao lado, típico para a fusão de uma substância sólida Que parte do gráfico indica :

a) a temperatura do ponto de fusão da substância

b) o aquecimento da substância no esta- do sólido

c) o aquecimento da substância no esta- do líquido

d) Por que a parte BC é paralela ao eixo do tempo

líquido d) Por que a parte BC é paralela ao eixo do tempo 50. Dada a

50. Dada a tabela de coeficiente de solubilidade a 20ºC :

substância

Coeficiente em g/100mL

Cloreto de sódio

36,0

Nitrato de potássio

24,1

Bicarbonato de sódio

9,6

Iodo

0,03

Enxofre

0,0

Pede-se :

a) a quantidade máxima de nitrato de potássio que pode ser dissolvida em 200 g de água a 20 0 C

ANÁLISE QUÍMICA Exercícios revisão 01

b) que massa de água a 20 0 c é necessária para dissolver 1 Kg de cloreto de sódio

c) Se 500 g de cloreto de sódio forem adicionados a 200 g de água a 20 0 C qual a massa que se dissolverá e qual a massa que se depositará ?

d) Que significa o coeficiente de solubilidade do enxofre

e) Qual o produto mais solúvel e o menos solúvel

f) Classifique o tipo de solução ( saturada, insaturada, supersaturada com depósito e supersaturada sem depósito )

a) 50 g de cloreto de sódio dissolvidas em 100 mL de água a 20 0 C

b) 50 g de cloreto de sódio em 100 mL de água a 20 0 C

c) 24,1 g de nitrato de potássio em 100 ml de água a 20 0 C

d) 3 g de bicarbonato de sódio em 100 ml de água a 20 0 C

51. O gráfico ao lado mostra a variação de solu- bilidade de várias substâncias em função da temperatura. Pede-se :

a) a variação de temperatura influencia da mesma maneira a solubilidade das subs- tâncias

b) Qual a substância mais solúvel a 20ºC e a

50ºC

c) Em que temperatura nitrato de potássio e sulfato de cério apresentam a mesma solubilidade

d) Qual produto apresenta a maior e qual produto apresenta a menor solubilidade a

70ºC

maior e qual produto apresenta a menor solubilidade a 70ºC 52. O gráfico ao lado mostra

52. O gráfico ao lado mostra a solubili- dade de dois sais, A e B, pede-se :

a) é possível dissolver, em recipientes separados 40 g de dada um dos sais em 100 g de água a 20 0 C

b) a 50 0 C qual produto é mais solúvel

40 g de dada um dos sais em 100 g de água a 20 0 C
Página 14 de 20
Página 14 de 20

ANÁLISE QUÍMICA Exercícios revisão 01

53.

a)

b)

Com os dados do gráfico ao lado,

Classifique as soluções indicadas nos pontos A,B e C

Qual o fator que influencia a solubilidade do produto

54.

Utilize a curva de solubilidade do nitrato de potássio e responda :

a) Qual a solubilidade desse sal a 20, 40, 60 e 90ºC

b) Suponha que foi preparada um solução saturada a 90ºC desse sal em 100 g de água e foi deixada resfriar.

c) Quando atingiu 60ºC, que massa ficou solúvel ?

d) Quando atingiu 40ºC, que massa ficou precipitada ?

e) Quando atingiu 20ºC, que massa ficou precipitada e que massa ficou solúvel ?

que massa ficou precipitada e que massa ficou solúvel ? 55. 56. 57. Foram agitadas 39

55.

56.

57.

Foram agitadas 39 g de nitrato de cálcio com 25g de água a 18ºC. O sistema resultou heterogêneo e por filtração foram obtidos 57,5 g de solução saturada. Calcule o coeficiente de solubilidade do sal a 18ºC.

A uma determinada temperatura, o coeficiente de solubilidade do iodeto de só- dio é de 180g/100g . Calcule a massa de água necessária para preparar uma solução saturada que contenha 12,6 g desse sal, na temperatura em que a ex- periência foi realizada.

Foram misturados e agitados 200 g de sulfato de amônio com 250 g de água, resultando num sistema heterogêneo que por filtração, forneceu 5 g de resíduo. Calcule o coeficiente de solubilidade do sal na temperatura em que a experi- ência foi realizada.

58.

As curvas de solubilidade de dois sólidos, A e B, em água, são dadas no gráfico ao lado.

a) Dissolvendo-se 20 g de A em 100 mL de água a 50ºC e, em seguida, abaixando a temperatura para 20ºC, que massa de A continua dissolvida?

b) Dissolvendo-se 30 g de B em 100 mL de água a 50ºC e, em seguida, abaixando a temperatura para 20ºC, que massa de B precipita?

c) Determine o coeficiente de solubilidade de B a 30ºC

temperatura para 20ºC, que massa de B precipita? c) Determine o coeficiente de solubilidade de B

ANÁLISE QUÍMICA Exercícios revisão 01

d) Em qual temperatura os coeficientes de solubilidade de A e B são iguais ?

59. Seis soluções aquosas de nitrato de sódio, NaNO 3 , numeradas de I a VI, foram preparadas, em diferentes temperaturas, dissolvendo-se diferentes massas de NaNO3 em 100g de água. Em alguns casos, o NaNO 3 não se dissolveu com- pletamente.

casos, o NaNO 3 não se dissolveu com- pletamente. Este gráfico representa a curva de solubilidade

Este gráfico representa a curva de solubilidade de NaNO 3 , em função da tem- peratura, e seis pontos, que correspondem aos sistemas preparados:

A partir da análise desse gráfico, é CORRETO afirmar que os dois sistemas em

que há precipitado são:

a) I e II.

b) I e III.

c) IV e V.

d) V e VI.

60.

O processo Solvay de obtenção do Na 2 CO 3 , matéria prima importante na fabri-

cação do vidro, envolve os reagentes CO 2 , NH 3 e solução saturada de NaCl. Na solução final encontram-se os íons NH4 + , Na + , Cl - e HCO 3 .

os íons NH4 + , Na + , Cl - e HCO 3 . Analisando, o

Analisando, o gráfico apresentado, as curvas de solubilidade em função da temperatura, é correto afirmar que:

a) são dissoluções exotérmicas

b) são dissoluções endotérmicas

ANÁLISE QUÍMICA Exercícios revisão 01

c) A 40ºC a solubilidade do NaHCO 3 é diferente do NaCl d) somente a do NaCl é endotérmica

61. Ao analisar o gráfico abaixo, percebe-se que:

61. Ao analisar o gráfico abaixo, percebe-se que: a) a solubilidade do KCl é maior que

a) a solubilidade do KCl é maior que a do KBr.

b) à medida que a temperatura aumenta a solubilidade diminui.

c) a solubilidade do KBr é maior que a do KCl.

d) quanto menor a temperatura, maior a solubilidade.

e) o KCl apresenta solubilização exotérmica.

62. A curva de solubilidade de um sal hipotético é:

62. A curva de solubilidade de um sal hipotético é: Se a 20°C misturarmos 20g desse

Se a 20°C misturarmos 20g desse sal com 100g de água, quando for atingido o equilíbrio, podemos afirmar que:

a) 5 g do sal estarão em solução.

b) 15 g do sal será corpo de fundo (precipitado).

c) o sal não será solubilizado.

d) todo o sal estará em solução.

e) 5 g do sal será corpo de fundo (precipitado).

ANÁLISE QUÍMICA Exercícios revisão 01

63.

A

partir do diagrama a seguir que relaciona a solubilidade de dois sais A e B

com a temperatura são feitas as afirmações:

 
 

I - existe uma única temperatura na qual a solubilidade de A é igual à de B.

II - a 20°C, a solubilidade de A é menor que a de B.

III - a 100°C, a solubilidade de B é maior que a de A.

IV - a solubilidade de B mantém-se constante com o aumento da temperatura.

V - a quantidade de B que satura a solução à temperatura de 80°C é igual a

150g.

Somente são corretas:

a) I, II e III.

b) II, III e V.

c) I, III e V.

d) II, IV e V

64.

A curva de solubilidade de um dado sal é apresentada a seguir. Considerando

a solubilidade deste sal a 30°C, qual seria a quantidade máxima (aproximada)

de soluto cristalizado quando a temperatura da solução saturada (e em agita- ção) fosse diminuída para 20°C?

da solução saturada (e em agita- ção) fosse diminuída para 20°C? a) 10 g b) 15

a) 10 g

b) 15 g

c) 20 g

d) 30 g

ANÁLISE QUÍMICA Exercícios revisão 01

65. A tabela a seguir fornece as solubilidades do KCl e do Li 2 CO 3 a várias tempera- turas.

do KCl e do Li 2 CO 3 a várias tempera- turas. Assinale a alternativa falsa:

Assinale a alternativa falsa:

a) a dissolução do KCl em água é endotérmica

b) o aquecimento diminui a solubilidade do Li 2 CO 3 em água

c) a massa de KCl capaz de saturar 50g de água, a 40°C, é 20g

d) a 10°C, a solubilidade do KCl é menor do que a do Li 2 CO 3

e) a 10°C, a solubilidade do KCl é maior do que a do Li 2 CO 3

Reações químicas

66. Dadas as reações abaixo, classifique-as, indicando o tipo de cada reação:

a) NaCl + AgNO 3 AgCl (s) + NaNO 3

b)

c) Ni + CuSO 4 Cu + NiSO 4

d) 3 NH 4 OH + H 3 PO 4 (NH 4 ) 3 PO 4 + 3 H 2 O

e)
f)

g)

h) 2 NaI

i) NH 4 OH + HNO 3 (NH 4 )OH + H 2 O

j) NaCl + AgNO 3 AgCl + NaNO 3

k) 2Mg +O → 2MgO

l) Cl 2 + 2NaBr →2NaCl + Br 2

m) H 2 SO 4 + BaCl 2 → BaSO 4 ↓ + 2HCl

n) N 2 + 3 H 2 → 2 NH 3

o) 2 H 2 O 2 → 2 H 2 O + O 2

p) Fe + S ---> FeS

q) Fe + CuSO 4 ---> FeSO 4 + Cu

2 H 2 +

O 2 2 H 2 O

CaCO 3 CaO + O2

HCN H+ + CN -

2 NO 2 +

O 2 2 NO2

+ Cl 2 2 NaCl + I 2

r) KCl + AgNO 3 ---> KNO 3 + AgCl

s) ZnCO 3 ---> ZnO + CO2

t) 2 NaN 3 (s) → 3 N 2 + 2 Na

u)

v) H 2 SO 4 + Ba(OH) 2 → 2 H2O + BaSO 4

w) H 2 SO 4 + BaCl 2 → BaSO 4 ↓ + 2HCl

x) NH 4 OH → H 2 O + NH 3

Zn

+ 2 HCl

→ ZnCl 2 + H 2

ANÁLISE QUÍMICA Exercícios revisão 01

67. Com base nas informações dadas na tabela a seguir, escreva as reações ocor- ridas e estabeleça numa escala decrescente a reatividade destes metais. Qual é o mais reativo? E o menos reativo?

   

Placas Metálicas

 

Cu

Mn

Ni

Cd

Zn

Sn

Al

 

CuSO 4

             
 

+

+

+ +

+

+

 

MnSO 4

             
 

+

 

_

_

_ _

_

NiSO 4

             

+

 

+ +

+

 

_

_

CdSO 4

             

Soluções

+

+

+

 

_

-

_

 

ZnSO 4

             

+

+

 

_

_

_ _

SnSO 4

             

+

+

+ +

 

+

 

_

Al 2 (SO 4 ) 3

             
 

_

_

_

_ _

_

+ Ocorre reação

_ Não ocorre reação

Separação e identificação de cátions

68. Elaborar um diagrama para separar mercúrio I de Prata

69. Elaborar um diagrama para separar mercúrio I de Chumbo

70. Elaborar um diagrama para separar chumbo de Prata

71. Qual a propriedade do cloreto de mercúrio que serve para separá-lo de outros cloretos?

72. Qual o reagente que precipita simultaneamente os três cátions do grupo I

73. Como podemos identificar o sódio e o potássio quando estiverem misturados?

74. Qual o conceito do teste de chama?

75. Como podemos identificar o flúor?

76. Quais as diferenças importantes da análise qualitativa em química orgânica e química inorgânica.